PUBLICIDADE
Topo

Blog do Perrone

OPINIÃO

Texto em que o autor apresenta e defende suas ideias e opiniões, a partir da interpretação de fatos e dados.

O que a vitória sobre o Racing diz a respeito do São Paulo

Marquinhos comemora com Crespo após marcar para o São Paulo contra o Racing - Marcelo Endelli/Getty Images
Marquinhos comemora com Crespo após marcar para o São Paulo contra o Racing Imagem: Marcelo Endelli/Getty Images
Conteúdo exclusivo para assinantes
Perrone

Ricardo Perrone é formado em jornalismo pela PUC-SP, em 1991, cobriu como enviado quatro Copas do Mundo, entre 2006 e 2018. Iniciou a carreira nas redações dos jornais Gazeta de Pinheiros e A Gazeta Esportiva, além de atuar como repórter esportivo da Rádio ABC, de Santo André. De 1993 a 1997, foi repórter da Folha Ribeirão, de onde saiu para trabalhar na editoria de esporte do jornal Notícias Populares. Em 2000, transferiu-se para a Folha de S.Paulo. Foi repórter da editoria de esporte e editor da coluna Painel FC. Entre maio de 2009 e agosto de 2010 foi um dos editores da Revista Placar.

21/07/2021 10h46

A vitória por 3 a 1 sobre o Racing, na última terça (20), além de assegurar o São Paulo nas quartas de final da Libertadores, mostrou que:

Crespo, apesar da conquista do título paulista, ainda está construindo o time. Isso ajuda a explicar porque a equipe não joga sempre perto do nível que demonstrou na Argentina.

Marquinhos, autor de um gol e com participação nas jogadas dos outros dois, tem potencial para ser muito útil ao clube do Morumbi. Mas é preciso ter calma. Ele só está começando sua jornada no time principal e oscilações serão naturais.

Benítez, que serviu Marquinhos no segundo gol, é o termômetro tricolor. Quando ele está bem, a tendência é o São Paulo jogar em alto nível. A equipe caiu de rendimento após sua substituição.

Rigoni, autor de dois gols, é um dos principais acertos de Crespo, que insistiu em sua contratação.

Miranda não tem substituto à altura no São Paulo. De volta ao time, após se recuperar de contusão, ele comandou a defesa. Ao lado de Léo e Arboleda, o veterano forma um trio defensivo invicto em 2021.

Pablo cada vez faz menos falta ao time.

O cobertor do São Paulo é curto. A maioria dos reservas não consegue manter o nível dos titulares.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Blog do Perrone