PUBLICIDADE
Topo

Blog do Perrone

REPORTAGEM

Texto que relata acontecimentos, baseado em fatos e dados observados ou verificados diretamente pelo jornalista ou obtidos pelo acesso a fontes jornalísticas reconhecidas e confiáveis.

Agente cobra R$ 1 mi do Corinthians por dívida referente à imagem de Romero

Ángel Romero comemora boa estreia pelo Paraguai na Copa América em vitória sobre a Bolívia - Pedro Vilela/Getty Images
Ángel Romero comemora boa estreia pelo Paraguai na Copa América em vitória sobre a Bolívia Imagem: Pedro Vilela/Getty Images
Perrone

Ricardo Perrone é formado em jornalismo pela PUC-SP, em 1991, cobriu como enviado quatro Copas do Mundo, entre 2006 e 2018. Iniciou a carreira nas redações dos jornais Gazeta de Pinheiros e A Gazeta Esportiva, além de atuar como repórter esportivo da Rádio ABC, de Santo André. De 1993 a 1997, foi repórter da Folha Ribeirão, de onde saiu para trabalhar na editoria de esporte do jornal Notícias Populares. Em 2000, transferiu-se para a Folha de S.Paulo. Foi repórter da editoria de esporte e editor da coluna Painel FC. Entre maio de 2009 e agosto de 2010 foi um dos editores da Revista Placar.

18/06/2021 04h00

O agente de jogadores Regis Marques Chedid, por meio da empresa que leva o seu nome, acionou a Justiça para cobrar R$ 1.067.166,84 referente ao contrato de uso de imagem do paraguaio Ángel Romero.

O empresário alega que o Alvinegro não pagou parte do valor combinado e que, em 2017, foi feito um acordo para a quitação da dívida. O trato também foi desrespeitado.

Conforme a ação proposta pela empresa do agente, o contrato inicial previa que a Regis Marques Chedid Esportivo receberia R$ 2.490.200,00 divididos em quatro parcelas de R$ 622.550,00 pela "exploração comercial dos direitos da personalidade" de Romero.

Por causa da falta de pagamento de parte desse valor foi feito acordo de parcelamento.

O trato previa que a empresa receberia R$ 1.950.000,00 em 30 parcelas mensais de R$ 65.000,00. A primeira venceria em 5 de maio de 2017.

Segundo a empresa, não foram efetuados os nove últimos pagamentos, entre fevereiro e outubro de 2019.

Foi estabelecido que o não pagamento de ao menos três parcelas provocaria o vencimento automático das demais.

Assim, Chedid pediu à Justiça que o Corinthians seja citado para pagar R$ 1.067.166,84 atualizados e acrescidos de honorários advocatícios em 15 dias. Nesta quinta (17), o pedido foi deferido pela juíza Marian Najjar Abdo. No mesmo dia, foi expedida a carta de citação.

Procurado por meio de seu departamento de comunicação, o Corinthians respondeu que ainda não recebeu a citação, por isso não comentaria o assunto.

Se inscreva no canal Ricardo Perrone no YouTube.

Blog do Perrone