PUBLICIDADE
Topo

Blog do Perrone

REPORTAGEM

Texto que relata acontecimentos, baseado em fatos e dados observados ou verificados diretamente pelo jornalista ou obtidos pelo acesso a fontes jornalísticas reconhecidas e confiáveis.

Falta de pagamentos está por trás da "queda" de site do Fiel Torcedor

IBM e Corinthians anunciaram parceria em 2018 - Divulgação
IBM e Corinthians anunciaram parceria em 2018 Imagem: Divulgação
Perrone

Ricardo Perrone é formado em jornalismo pela PUC-SP, em 1991, cobriu como enviado quatro Copas do Mundo, entre 2006 e 2018. Iniciou a carreira nas redações dos jornais Gazeta de Pinheiros e A Gazeta Esportiva, além de atuar como repórter esportivo da Rádio ABC, de Santo André. De 1993 a 1997, foi repórter da Folha Ribeirão, de onde saiu para trabalhar na editoria de esporte do jornal Notícias Populares. Em 2000, transferiu-se para a Folha de S.Paulo. Foi repórter da editoria de esporte e editor da coluna Painel FC. Entre maio de 2009 e agosto de 2010 foi um dos editores da Revista Placar.

15/05/2021 04h00

Inadimplência, problemas financeiros agravados pela pandemia de covid-19 e divergência em relação aos valores a serem cobrados formaram a tempestade que tirou do ar o site do Fiel Torcedor.

A página do programa de sócio-torcedor do Corinthians não está disponível pelo menos desde o final de semana passado (8 e 9). A volta depende de um acerto financeiro entre o clube e a IBM. Em dezembro de 2018, a empresa foi apresentada como substituta da Omni na administração do programa

Na ocasião, o clube já enfrentava dificuldades financeiras. Mesmo assim, chegou a efetuar pagamentos. Porém, antes da pandemia de covid-19, o Alvinegro começou a ficar inadimplente. Quatro fontes confirmaram a informação.

Com o público proibido nos jogos, muitos sócios-torcedores deixaram de realizar seus pagamentos, já que não havia ingressos a serem adquiridos.

A situação só não ficou pior porque a diretoria conseguiu pagar uma parte da dívida com parcela da receita pela venda de Pedrinho para o Benfica.

No entanto, por causa de outros compromissos, o repasse foi menor do que o clube pretendia fazer.

O incômodo da IBM aumentou até que a empresa enviou uma notificação extrajudicial para o parceiro cobrando os pagamentos.

O Corinthians respondeu com uma contranotificação explicando como a crise sanitária aumentou suas dificuldades.

O Alvinegro previa em seu orçamento obter receita de R$ 14,3 milhões com o Fiel Torcedor em 2020. Porém, o programa gerou R$ 5,6 milhões.

Nas conversas com a IBM, o clube argumenta que a queda nas receitas geradas pelo Fiel Torcedor tornam impossível o cumprimento das condições de pagamento originalmente previstas no contrato.

Aí entra uma divergência significativa. Existe no contrato uma cláusula que prevê um valor mínimo a ser pago pelo Corinthians independentemente da quantidade de sócios-torcedores. O montante aumenta de acordo com o crescimento do número de associados.

O Corinthians entende ser injusta a cobrança do mesmo valor mínimo durante a pandemia e pede uma redução. Até agora, a IBM rechaçou essa argumentação.

Segundo as fontes ouvidas pelo blog, sem receber, a IBM deixou de prestar os serviços, consequentemente, o site saiu do ar. Apesar da medida drástica tomada pela empresa, as partes seguem conversando.

A direção corintiana tenta convencer a IBM de que a tirada do site do ar aumenta as dificuldades do clube em fazer os pagamentos. Isso porque sócios-torcedores que tenham taxas para quitar não podem fazer isso com a página sem funcionar.

Um dos problemas é que o clube não tem dinheiro para pagar parte da dívida agora e acalmar a parceira. O Alvinegro enfrenta problemas com cobranças judiciais e pedidos de bloqueio de suas contas.

Apesar de considerar que a parceira foi radical e insensível aos reflexos da pandemia, o desejo da diretoria é manter a parceria. O entendimento é o de que foi importante para o programa trocar uma parceira de porte modesto por uma gigante do setor.

Procurada, a assessoria de imprensa da parceira alvinegra disse que "a IBM não discute os detalhes contratuais dos seus clientes".

Por sua vez, o departamento de comunicação do Corinthians afirmou que o clube já havia emitido nota sobre o assunto e não se manifestaria de novo

Abaixo, leia o comunicado divulgado pelo Corinthians no último dia 10.

"Caro Fiel Torcedor, o Sport Club Corinthians Paulista informa que o site do Programa Fiel Torcedor permanecerá fora do ar por um breve período. Estamos cientes das dificuldades dos últimos dias e, ao mesmo tempo em que pedimos desculpas pelo inconveniente, ressaltamos que estamos trabalhando para resolver a situação, com a urgência que o caso reclama.

O Programa Fiel Torcedor tem sido objeto de reavaliação desta diretoria, tendo sempre o objetivo de oferecer o melhor serviço ao torcedor corinthiano, com a implementação de novas funcionalidades e benefícios, enquanto fortalece o Corinthians em campo.

Neste momento, o clube e a IBM, empresa fornecedora dos serviços de tecnologia do programa, estão renegociando alguns termos do relacionamento, devido aos nefastos efeitos da pandemia. Nos próximos dias, deveremos trazer novidades.

Apesar das passageiras dificuldades que vêm sendo enfrentadas por vocês, Fiéis Torcedores, o Corinthians assegura que não haverá perda da pontuação ou dos benefícios acumulados nem qualquer outro prejuízo. Tão logo essa questão seja superada, faremos novos esclarecimentos".

Se inscreva no canal Ricardo Perrone no YouTube.

Blog do Perrone