PUBLICIDADE
Topo

Blog do Perrone

REPORTAGEM

Texto que relata acontecimentos, baseado em fatos e dados observados ou verificados diretamente pelo jornalista ou obtidos pelo acesso a fontes jornalísticas reconhecidas e confiáveis.

Empresa cobra mais de R$ 1,2 mi do Corinthians por 'fatia' de Matheus P.

Matheus Pereira lamenta pênalti perdido na final da Copa SP de 2016 - Mauro Horita/AGIF
Matheus Pereira lamenta pênalti perdido na final da Copa SP de 2016 Imagem: Mauro Horita/AGIF
Perrone

Ricardo Perrone é formado em jornalismo pela PUC-SP, em 1991, cobriu como enviado quatro Copas do Mundo, entre 2006 e 2018. Iniciou a carreira nas redações dos jornais Gazeta de Pinheiros e A Gazeta Esportiva, além de atuar como repórter esportivo da Rádio ABC, de Santo André. De 1993 a 1997, foi repórter da Folha Ribeirão, de onde saiu para trabalhar na editoria de esporte do jornal Notícias Populares. Em 2000, transferiu-se para a Folha de S.Paulo. Foi repórter da editoria de esporte e editor da coluna Painel FC. Entre maio de 2009 e agosto de 2010 foi um dos editores da Revista Placar.

19/04/2021 11h45

Com Pedro Lopes e Yago Rudá, do UOL, em São Paulo

A empresa GT Sports Assessoria Esportiva cobra na Justiça R$ 1.281.368,09 do Corinthians por 15% da transferência de Matheus Pereira para o Empoli, da Itália, em 2016.

Contrato anexado ao processo mostra que a empresa tinha essa porcentagem em relação aos direitos econômicos do jogador. A GT Sports foi criada em 2006 pelos empresários Thiago Ferro e Guilherme Miranda.

No último dia 13, a juíza Mariana Dalla Bernardina determinou que o Corinthians fosse citado para quitar o débito em três dias. O alvinegro pode contestar a cobrança.

Procurado pela reportagem, o clube disse, por meio de seu departamento de comunicação, que não se manifestaria sobre o assunto.

Depois do Empoli, Matheus Pereira passou pela Juventus. Em 2020, ele foi anunciado como reforço do Barcelona B.

Blog do Perrone