PUBLICIDADE
Topo

Blog do Perrone

REPORTAGEM

Texto que relata acontecimentos, baseado em fatos e dados observados ou verificados diretamente pelo jornalista ou obtidos pelo acesso a fontes jornalísticas reconhecidas e confiáveis.

Red Bull Bragantino mantém conversas com três times europeus por Claudinho

Claudinho, meia-atacante do Red Bull Bragantino - Ari Ferreira
Claudinho, meia-atacante do Red Bull Bragantino Imagem: Ari Ferreira
Perrone

Ricardo Perrone é formado em jornalismo pela PUC-SP, em 1991, cobriu como enviado quatro Copas do Mundo, entre 2006 e 2018. Iniciou a carreira nas redações dos jornais Gazeta de Pinheiros e A Gazeta Esportiva, além de atuar como repórter esportivo da Rádio ABC, de Santo André. De 1993 a 1997, foi repórter da Folha Ribeirão, de onde saiu para trabalhar na editoria de esporte do jornal Notícias Populares. Em 2000, transferiu-se para a Folha de S.Paulo. Foi repórter da editoria de esporte e editor da coluna Painel FC. Entre maio de 2009 e agosto de 2010 foi um dos editores da Revista Placar.

23/02/2021 04h00

O Red Bull avançou nas conversas com três clubes europeus interessados em Claudinho, eleito melhor jogador e revelação do Brasileirão de 2020.

Conforme apurou o blog, Red Bull Leipzig, Ajax e Roma mantêm conversas firmes com a diretoria da agremiação de Bragança Paulista.

Neste momento, o Leipzig é quem está mais forte. Porém, o Ajax demonstrou aumento de interesse no jogador nos últimos dias.

A ideia do Red Bull Bragantino é fechar negócio em março e liberar o meia-atacante na próxima janela europeia de transferências, no início do segundo semestre.

O blog apurou que a intenção do time do interior paulista é vender Claudinho por 15 milhões de euros (cerca de R$ 100,2 milhões) e ainda manter 25% dos direitos econômicos do atleta.

Vale lembrar que, em 2019, o clube de Bragança Paulista pagou R$ 1,5 milhão pelos 50% dos direitos do meia-atacante que pertenciam ao Corinthians e R$ 1 milhão pela metade que estava em poder da Ponte Preta.

Em 2015, Claudinho havia saído de graça da base do Santos, após o final de seu contrato, para defender o alvinegro da capital.

Em 2017, após seguidos empréstimos, o Corinthians usou Claudinho como parte do pagamento pela compra de 40% dos direitos de Clayson, que tinha se destacado pela Ponte Preta.

Se inscreva no canal do Ricardo Perrone no YouTube.

Blog do Perrone