PUBLICIDADE
Topo

Receba os novos posts desta coluna no seu e-mail

Email inválido
Seu cadastro foi concluído!
reinaldo-azevedo

Reinaldo Azevedo

mauricio-stycer

Mauricio Stycer

josias-de-souza

Josias de Souza

jamil-chade

Jamil Chade

Menon

OPINIÃO

Texto em que o autor apresenta e defende suas ideias e opiniões, a partir da interpretação de fatos e dados.

Luan precisa ser preservado

Marcello Zambrana/AGIF
Imagem: Marcello Zambrana/AGIF
Conteúdo exclusivo para assinantes
Menon

Meu nome é Luis Augusto Símon e ganhei o apelido de Menon, ainda no antigo ginásio, em Aguaí. Sou engenheiro que nunca buscou o diploma e jornalista tardio. Também sou a prova viva que futebol não se aprende na escola, pois joguei diariamente, dos cinco aos 15 anos e nunca fui o penúltimo a ser escolhido no par ou ímpar. Aqui, no UOL, vou dar seguimento a uma carreira que se iniciou em 1988. com passagens pelo Trivela, Agora, Jornal da Tarde entre outros.

13/05/2022 12h16Atualizada em 13/05/2022 13h03

Luan é um ícone de Cotia. Ele é o melhor exemplo de um dos três tipos de jogadores revelados pela base do São Paulo.

Que tipo?

Jogador revelado pelo clube e que joga por muito tempo no clube. Não é vendido para o exterior (Militão, Real Madrid) e nem vai para clubes menores (Bissoli, Avaí).

Quanto custaria contratar um jogador como Luan? Um caso parecido era Jean, que fez boa dupla com Hernanes.

Luan é querido pelos torcedores por ser um exemplo de superação. Considerado um brucutuzinho, mostrou que é mais. Tem bom passe e capacidade de marcar alto. Alguns gols saíram de bolas que roubou.

Por tudo isso, é triste ver Luan se arrastando em campo, jogando no máximo 60 minutos. Contra o Juventude, sua entrada - lento e sem força física - atrapalhou (triste escrever isso) o São Paulo. Colocou o jogo em risco.

As contusões cobraram seu preço. Mesmo contratando um preparador físico particular, ele está nitidamente abaixo dos companheiros.

O ideal seria recuperar totalmente a forma e ir entrando pouco a pouco. Não dá para se arrastar em campo.

Os dois jogos contra Ayacucho e Jorge Wilstermann poderiam ser utilizados para experiências táticas e técnicas, pois o São Paulo está 99,9999% classificado.

E também para trazer o velho Luan de volta. Ele é muito útil.