PUBLICIDADE
Topo

Menon

REPORTAGEM

Texto que relata acontecimentos, baseado em fatos e dados observados ou verificados diretamente pelo jornalista ou obtidos pelo acesso a fontes jornalísticas reconhecidas e confiáveis.

Lucas Ribeiro é indicação dos analistas do São Paulo

Lucas Ribeiro tem poucos jogos como profissional e o Inter pode oferecer essa margem de evolução a ele - Fonte: Opta
Lucas Ribeiro tem poucos jogos como profissional e o Inter pode oferecer essa margem de evolução a ele Imagem: Fonte: Opta
Conteúdo exclusivo para assinantes
Menon

Meu nome é Luis Augusto Símon e ganhei o apelido de Menon, ainda no antigo ginásio, em Aguaí. Sou engenheiro que nunca buscou o diploma e jornalista tardio. Também sou a prova viva que futebol não se aprende na escola, pois joguei diariamente, dos cinco aos 15 anos e nunca fui o penúltimo a ser escolhido no par ou ímpar. Aqui, no UOL, vou dar seguimento a uma carreira que se iniciou em 1988. com passagens pelo Trivela, Agora, Jornal da Tarde entre outros.

11/01/2022 13h24Atualizada em 11/01/2022 16h37

O zagueiro Lucas Ribeiro está chegando ao São Paulo via indicação do departamento de scout do clube. Os analistas o consideram um zagueiro rápido e de bom futuro no futebol. Tem 22 anos.

O nome foi aceito pela comissão técnica. O interessante é que todos estão cientes que sua passagem pelo Internacional foi ruim. Passou um bom tempo sem ser relacionado por Diego Aguirre, após um bom início, ainda em 2020, com o antigo treinador, Abel Braga.

Como ele não se destacou no Hoffenheim, da Alemanha, os analistas devem ter se baseado no início do jogador, em 2018, no Vitória, e pelos poucos jogos com Abel.

Há um outro argumento: Lucas tem oito anos a menos e vai ganhar metade do que ganhava Bruno Alves, cedido ao Grêmio.

Mas este argumento não vale. A questão da idade e do salário deveria ser comparada com Beraldo e Luizão, zagueiros da base. São mais novos e ganharão bem menos que Lucas Ribeiro.

A aposta é mais alta, então. Ele não virá para ser o quinto ou sexto zagueiro do elenco, como eram Rodrigo Freitas e Bruno Alves, que saíram. Com certeza, o São Paulo viu nele potencial para ser o primeiro reserva de Arboleda e Miranda.

Uma boa oportunidade de analisar os analistas. Estão apostando em quem vem mal há tempos. Se estiverem certos, o clube terá ganho técnico e também financeiro, com economia de salário e uma possível venda futura.