PUBLICIDADE
Topo

Coluna

Menon


Menon

OPINIÃO

Texto em que o autor apresenta e defende suas ideias e opiniões, a partir da interpretação de fatos e dados.

Menon: Timão, apesar de GP e Willian, empacou e agora tem o Derby

Conteúdo exclusivo para assinantes
Menon

Meu nome é Luis Augusto Símon e ganhei o apelido de Menon, ainda no antigo ginásio, em Aguaí. Sou engenheiro que nunca buscou o diploma e jornalista tardio. Também sou a prova viva que futebol não se aprende na escola, pois joguei diariamente, dos cinco aos 15 anos e nunca fui o penúltimo a ser escolhido no par ou ímpar. Aqui, no UOL, vou dar seguimento a uma carreira que se iniciou em 1988. com passagens pelo Trivela, Agora, Jornal da Tarde entre outros.

19/09/2021 21h00

O elevador do Corinthians está em velocidade baixa. O time empatou a terceira seguida - Juventude, Atlético-GO e agora o América - e estacionou nos 30 pontos. No sábado, recebe o Palmeiras, jogo que vale um campeonato.

Willian estreou, depois de 14 anos. Participou do gol e mostrou que vai ser importante. E importante foi Gabriel Pereira, o GP. Muita movimentação, bons passes e vai deixando sua marca.

Vai ser titular quando Willian, Giuliano, Renato Augusto e Roger Guedes estiverem prontos? Difícil para ele e também para Gustavo Mosquito, que era destaque.

Com quarteto mágico ou não, o Corinthians precisa resolver um problema grave: não pode ter apenas um jogador de marcação. O time fica muito espaçado. Contra o América, Willian ficava na direita, Guedes na esquerda, Gabriel Pereira e Giuliano por dentro. Todos muito longe do volante Gabriel. O América dominou 9 setor por um bom período.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Menon