PUBLICIDADE
Topo

Coluna

Menon


Menon

OPINIÃO

Texto em que o autor apresenta e defende suas ideias e opiniões, a partir da interpretação de fatos e dados.

São Paulo está afundando e o capitão abandonou o barco

Conteúdo exclusivo para assinantes
Menon

Meu nome é Luis Augusto Símon e ganhei o apelido de Menon, ainda no antigo ginásio, em Aguaí. Sou engenheiro que nunca buscou o diploma e jornalista tardio. Também sou a prova viva que futebol não se aprende na escola, pois joguei diariamente, dos cinco aos 15 anos e nunca fui o penúltimo a ser escolhido no par ou ímpar. Aqui, no UOL, vou dar seguimento a uma carreira que se iniciou em 1988. com passagens pelo Trivela, Agora, Jornal da Tarde entre outros.

27/07/2021 15h50Atualizada em 27/07/2021 15h52

Há uma semana, o São Paulo venceu o Racing na Argentina. Jogou bem, conquistou a vaga na Libertadores e mostrou Marquinhos, mais um garoto que parece ter futuro.

A vitória serviu também para dar um certo alívio, após derrota em casa para o Fortaleza, pelo Brasileirão.

Havia indícios de retomada. Ledo engano. A goleada sofrida diante do Flamengo foi um choque de realidade. A situação no Brasileirão é muito ruim e o São precisa torcer pela derrota de times como Cuiabá, Sport, Chapecoense, Juventude etc

Agora, vem o Vasco, pela Copa do Brasil e depois o líder Palmeiras no Brasileiro. E o São Paulo tem muitas dúvidas para escalar o time - tem muita gente contundida, sempre - e uma certeza: não há um definidor confiável para escalar. Quando se conta com Vitor Bueno ou Pablo, o sofrimento e a inércia estão garantidos.

E, em meio a tantos problemas, Daniel Alves está no Japão sendo backing vocal da Pia, treinadora da selecão feminina

Nunca o clube foi tão humilhado por um funcionário.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Menon