PUBLICIDADE
Topo

Coluna

Menon


Menon

OPINIÃO

Texto em que o autor apresenta e defende suas ideias e opiniões, a partir da interpretação de fatos e dados.

Hulk é o melhor do Brasil

Conteúdo exclusivo para assinantes
Menon

Meu nome é Luis Augusto Símon e ganhei o apelido de Menon, ainda no antigo ginásio, em Aguaí. Sou engenheiro que nunca buscou o diploma e jornalista tardio. Também sou a prova viva que futebol não se aprende na escola, pois joguei diariamente, dos cinco aos 15 anos e nunca fui o penúltimo a ser escolhido no par ou ímpar. Aqui, no UOL, vou dar seguimento a uma carreira que se iniciou em 1988. com passagens pelo Trivela, Agora, Jornal da Tarde entre outros.

17/06/2021 13h25Atualizada em 17/06/2021 13h25

O Galo foi o time com melhor aproveitamento na fase de grupos da Libertadores. Com cinco vitórias e um empate, teve 88,9% de aproveitamento.

Também lidera o Brasileiro, juntamente com Furacão e Fortaleza, que têm um jogo a menos. O Galo tem nove pontos em quatro jogos, com 75% de aproveitamento.

E ainda, foi campeão mineiro, com nove vitórias e duas derrotas em 11 jogos, aproveitamento de 81,9%.

Exceção ao Mineiro, onde fez dois gols e ficou marcado por uma briga com Pottker, do Cruzeiro, Hulk tem sido o grande destaque do Atlético.

É o melhor jogador em atividade no Brasil atualmente. Uma dupla perfeita com Nacho Fernandez.

Conversei com meu amigo Alexandre Simões, grande jornalista - e ele explicou que o início ruim de Hulk tinha a ver com as más condições físicas, algo comum a quem vem da China. "É extremamente profissional. Muito dedicado, demorou pouco para entrar em forma" diz o Simões.

No início, além da discussão com Pottker, houve também conversa pouco amistosa com Cuca, que o deixou na reserva, e umas "ombradss" faltosas nos adversários, que os juízes não marcaram.

Hulk, agora, tem mostrado muita mobilidade. Recua um pouco e vai como um trem desgovernado rumo à área rival. Chuta, serve o ponta... Também vai da ponta para o meio. E quem segura?

Hulk tem dois gols no Brasileiro. Em três jogos. Tem seus na Libertadores, dividindo artilharia com Gabigol, Rony e Borja, do eliminado Júnior de Barranquilla.

É o verde dominante no Galo alvinegro.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Menon