PUBLICIDADE
Topo

Coluna

Menon


Menon

OPINIÃO

Texto em que o autor apresenta e defende suas ideias e opiniões, a partir da interpretação de fatos e dados.

Neymar comanda a Superterça de ótimo futebol

Menon

Meu nome é Luis Augusto Símon e ganhei o apelido de Menon, ainda no antigo ginásio, em Aguaí. Sou engenheiro que nunca buscou o diploma e jornalista tardio. Também sou a prova viva que futebol não se aprende na escola, pois joguei diariamente, dos cinco aos 15 anos e nunca fui o penúltimo a ser escolhido no par ou ímpar. Aqui, no UOL, vou dar seguimento a uma carreira que se iniciou em 1988. com passagens pelo Trivela, Agora, Jornal da Tarde entre outros.

04/05/2021 04h00Atualizada em 04/05/2021 09h10

O dia é de futebol. Muito futebol. Futebol, nossa paixão.

O primeiro a entrar em campo é Neymar, a partir das 16 horas. Ele comanda o PSG em sua luta inglória para chegar à segunda final seguida da Liga dos Campeões.

É só ganhar por 2 x 0 do Manchester City de Guardiola lá na Inglaterra. Ou então, por 3 x 2 ou 4 x 3 etc.

Neymar promete dar a vida pela vitória. Ainda bem que é uma metáfora...

Em seguida, às 19h15, o Santos tem tarefa mais dura. Precisa ser mais forte que o Strongest para ter ainda alguma chance de classificação. O jogo é na Vila.

Em Minas, no mesmo horário, o Galo de Hulk recebe o Cerro, de Jean. Dois machões. É o encontro de líderes que cederam empate ao surpreendente Deportivo La Guaira, da Venezuela.

E a noite dos brasileiros termina com os dois melhores times do país, ambos com duas vitórias na Libertadores.

O Palmeiras vai a Buenos Aires enfrentar o Defensa y Justicia devastado pela Covid. E o Flamengo sobe o morro até Quito para jogar contra a LDU.

Cardápio cheio. E bom.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Menon