PUBLICIDADE
Topo

Coluna

Menon


Menon

OPINIÃO

Texto em que o autor apresenta e defende suas ideias e opiniões, a partir da interpretação de fatos e dados.

Rogério Ceni culpa jogadores. Típico de sua personalidade

Menon

Meu nome é Luis Augusto Símon e ganhei o apelido de Menon, ainda no antigo ginásio, em Aguaí. Sou engenheiro que nunca buscou o diploma e jornalista tardio. Também sou a prova viva que futebol não se aprende na escola, pois joguei diariamente, dos cinco aos 15 anos e nunca fui o penúltimo a ser escolhido no par ou ímpar. Aqui, no UOL, vou dar seguimento a uma carreira que se iniciou em 1988. com passagens pelo Trivela, Agora, Jornal da Tarde entre outros.

16/04/2021 11h50Atualizada em 16/04/2021 11h54

O Flamengo perdeu por 3 x 1 para o Vasco e a análise de Rogério Ceni mostra muito sobre sua personalidade.

Ele falou em erros técnicos, falta de atenção, erro na bola parada...

Ceni é assim. Nunca vê um erro próprio. Sempre a falha é dos outros. Foi assim, com está personalidade, que construiu uma grande carreira como jogador.

E está construindo outra, como treinador.

Parece que dá certo. A arrogância como complemento de suas inquestionáveis qualidades profissionais.

Para mim, sobra uma incerteza e uma certeza.

Será que é bom para gerenciar vestiário?

Eu nunca gostaria de sentar em uma mesa e bater papo com ele. Aliás, a profissão não recomenda que não se tenha tal proximidade com nenhum jogador, mas se fosse escolher, Ceni estaria no fim da fila.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Menon