PUBLICIDADE
Topo

Coluna

Menon


Menon

OPINIÃO

Texto em que o autor apresenta e defende suas ideias e opiniões, a partir da interpretação de fatos e dados.

Grêmio segura pressão e evita desastre

Menon

Meu nome é Luis Augusto Símon e ganhei o apelido de Menon, ainda no antigo ginásio, em Aguaí. Sou engenheiro que nunca buscou o diploma e jornalista tardio. Também sou a prova viva que futebol não se aprende na escola, pois joguei diariamente, dos cinco aos 15 anos e nunca fui o penúltimo a ser escolhido no par ou ímpar. Aqui, no UOL, vou dar seguimento a uma carreira que se iniciou em 1988. com passagens pelo Trivela, Agora, Jornal da Tarde entre outros.

09/04/2021 21h21

O que parecia fácil virou drama, mas o desastre foi evitado. O Grêmio perdeu por 2 x 1 para o Independiente dele Valle e agora precisa de vitória por 1 x 0 para chegar à fase de Grupo da Libertadores.

O gol de cabeça de Diego Souza abriu o caminho para o Grêmio e ele poderia ser bem ampliado se Pitana não tivesse anulado gol legítimo de Ferreirinha no final do primeiro tempo.

Os 15 minutos do segundo tempo foram terríveis para o Grêmio. O Independiente empatou com um belo gol, fruto de tabela. Sete minutos. Aos 12, Diego Souza perdeu grande chance e no minuto seguinte Ruan fez pênalti e foi expulso. E a virada se concretizou.

O Grêmio, com dez, se fechou e conseguiu segurar a pressão equatoriana. Tem boas chances de classificação, mas o rival é bom de bola.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Menon