PUBLICIDADE
Topo

Coluna

Menon


Menon

Time sem alma, entrega gols a domicílio e sofre mais um vexame em casa

Menon

Meu nome é Luis Augusto Símon e ganhei o apelido de Menon, ainda no antigo ginásio, em Aguaí. Sou engenheiro que nunca buscou o diploma e jornalista tardio. Também sou a prova viva que futebol não se aprende na escola, pois joguei diariamente, dos cinco aos 15 anos e nunca fui o penúltimo a ser escolhido no par ou ímpar. Aqui, no UOL, vou dar seguimento a uma carreira que se iniciou em 1988. com passagens pelo Trivela, Agora, Jornal da Tarde entre outros.

20/01/2021 23h18

Os erros foram os de sempre. Daniel Alves foi péssimo uma vez mais. A saidinha entregou mais um gol. Os reservas entraram e nada acrescentaram. Brenner perdeu a letalidade.

Vou falar da falta de alma. De coração. Os jogadores entram em campo como se estivessem na janela vendo a banda passar, ou sentados na praça, dando milho aos pombos. Parecem que estão no shopping tomando um sorvete de maracujá. Um calmante.

Não merecem ser campeões.

Não merecem vestir essa camisa

Menon