PUBLICIDADE
Topo

Coluna

Menon


Menon

Calor derrota Santos e Ceará

                                 Ceará é comandado pelo ex-técnico do Sport, Guto Ferreira.                              -                                 MARCELO MALAQUIAS/ESTADãO CONTEúDO
Ceará é comandado pelo ex-técnico do Sport, Guto Ferreira. Imagem: MARCELO MALAQUIAS/ESTADãO CONTEúDO
Menon

Meu nome é Luis Augusto Símon e ganhei o apelido de Menon, ainda no antigo ginásio, em Aguaí. Sou engenheiro que nunca buscou o diploma e jornalista tardio. Também sou a prova viva que futebol não se aprende na escola, pois joguei diariamente, dos cinco aos 15 anos e nunca fui o penúltimo a ser escolhido no par ou ímpar. Aqui, no UOL, vou dar seguimento a uma carreira que se iniciou em 1988. com passagens pelo Trivela, Agora, Jornal da Tarde entre outros.

28/10/2020 18h44

É possível jogar futebol sob um calor de 33°? Sim, dá, mas atrapalha muito. O jogo Santos x Ceará começou às 16 horas. Terminou pouco antes das 18 horas. Vini, do Ceará, apareceu para a entrevista após um "banho" na cabeça e no rosto.

Estava exausto. E o uniforme, preto, colabora para a exaustão. E jogar um tempo inteiro com um a menos? Difícil, não?

Mesmo assim, o jogo foi equilibrado. O Santos não conseguiu ter vantagem tática, física ou técnica. No último quesito, Cuca ajudou Guto ao tirar Soteldo de campo.

Ele era o melhor.

Marinho virou intocável?

Enfim, houve 21 sobreviventes quando o juiz apitou o final da porfia.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Menon