PUBLICIDADE
Topo

Flamengo acertou na forma. Esperemos o conteúdo

Domenec Torrent, novo treinador do Flamengo - Ira L. Black/Corbis via Getty Images
Domenec Torrent, novo treinador do Flamengo Imagem: Ira L. Black/Corbis via Getty Images
Menon

Meu nome é Luis Augusto Símon e ganhei o apelido de Menon, ainda no antigo ginásio, em Aguaí. Sou engenheiro que nunca buscou o diploma e jornalista tardio. Também sou a prova viva que futebol não se aprende na escola, pois joguei diariamente, dos cinco aos 15 anos e nunca fui o penúltimo a ser escolhido no par ou ímpar. Aqui, no UOL, vou dar seguimento a uma carreira que se iniciou em 1988. com passagens pelo Trivela, Agora, Jornal da Tarde entre outros.

31/07/2020 20h17

Amigos, eu sempre coloco o clube acima de empresários, treinadores e jogadores. A não ser que esteja havendo calote.

O meu sonho para a contratação de um treinador é o seguinte. O clube anuncia que tem uma vaga para técnico. O salário é tanto, com os seguintes benefícios. Mandem seus currículos em três dias. Analisaremos e faremos entrevista com os mais bem avaliados.

Não é possível, eu sei. O Flamengo fez o que mais se aproxima. Definiu que a preferência seria por um estrangeiro. Fez uma lista de nomes que interessavam. Ouviu propostas. Fez propostas. E escolheu o catalão Domènec Torrent.

Muito diferente do que acontece normalmente. Cai um treinador e o novo é contratado a partir dos desempregados. E, mesmo desempregados, chegam com muitas exigências. Aí, pedem vários jogadores. O time não engrena, o cara é demitido e os jogadores ficam de herança.

O método do Flamengo é infalível? Lógico que não. Nem eu sou infalível, gente (ironia). Domènec pode 'flopar'? Pode. Esperemos o seu conteúdo. Seu trabalho.

O método de sua escolha foi muito bom.

Menon