PUBLICIDADE
Topo

Bragantino não deu aaasas ao Palmeiras.

Claudinho comemora gol do Red Bull Bragantino na Série B do Campeonato Brasileiro - Divulgação
Claudinho comemora gol do Red Bull Bragantino na Série B do Campeonato Brasileiro Imagem: Divulgação
Menon

Meu nome é Luis Augusto Símon e ganhei o apelido de Menon, ainda no antigo ginásio, em Aguaí. Sou engenheiro que nunca buscou o diploma e jornalista tardio. Também sou a prova viva que futebol não se aprende na escola, pois joguei diariamente, dos cinco aos 15 anos e nunca fui o penúltimo a ser escolhido no par ou ímpar. Aqui, no UOL, vou dar seguimento a uma carreira que se iniciou em 1988. com passagens pelo Trivela, Agora, Jornal da Tarde entre outros.

02/02/2020 18h16

Olha o Bragantino aí, gente. O campeão da Série B do Brasileiro havia chegado com muita expectativa ao Paulista, graças à parceria firmada. E era a grande decepção, com zero gols marcados em três jogos.

Fez um grande primeiro tempo e passou por cima do Palmeiras. E fez o segundo gol logo no início do segundo. O Palmeiras melhorou com Scarpa, Bigode e Zé Rafael. Luxemburgo tem mudado o time, dado chances a vários jogadores, mas talvez seja a hora de ficar os três no time de cima.

Os melhores do Bragantino foram Claudinho, sempre, e Ítalo.

Com a vitória, o Bragantino pode iniciar sua esperada ascensão. O Palmeiras depende de uma vitória do São Paulo contra o Novorizontino para continuar entre os dois primeiros do grupo.

Menon