PUBLICIDADE
Topo

Menon


Corinthians rasga dinheiro com Ralf

Menon

Meu nome é Luis Augusto Símon e ganhei o apelido de Menon, ainda no antigo ginásio, em Aguaí. Sou engenheiro que nunca buscou o diploma e jornalista tardio. Também sou a prova viva que futebol não se aprende na escola, pois joguei diariamente, dos cinco aos 15 anos e nunca fui o penúltimo a ser escolhido no par ou ímpar. Aqui, no UOL, vou dar seguimento a uma carreira que se iniciou em 1988. com passagens pelo Trivela, Agora, Jornal da Tarde entre outros.

21/01/2020 14h32

Inexplicável, pelo menos para mim, que não sou um Paulo Guedes, as decisões que o Corinthians tomou em relação ao volante Ralf.

1) Rescindiu o contrato

2) Vai pagar todos os salários que Ralf receberia até o final do contrato.

Consequências.

1) Corinthians perde um jogador

2) Não recebe nada por isso

3) Paga para o jogador sair

4) Ralf vai receber em dobro, do seu novo clube e do Corinthians.

É muita irresponsabilidade financeira.

Deveria vender o jogador. Ou emprestar. Ter dinheiro em caixa para gastar em outro volante.

É capaz de alguém ainda receber uma comissão pela rescisão do contrato.

Eu não entendi. E vocês?

Menon