PUBLICIDADE
Topo

Mauro Cezar Pereira

OPINIÃO

Texto em que o autor apresenta e defende suas ideias e opiniões, a partir da interpretação de fatos e dados.

PSG parece concluir que levou gato por lebre quando contratou Neymar

Neymar, fora dos planos do PSG? - GettyImages
Neymar, fora dos planos do PSG? Imagem: GettyImages
só para assinantes

Muauro Cezar Pereira

28/06/2022 18h03

Com um pé fora do Paris Saint-Germain, segundo a imprensa espanhola, Neymar pode estar perto de protagonizar uma situação constrangedora para alguém com tamanho talento. Essa dispensa, caso se confirme, apenas sinalizaria o declínio precoce de um craque aos 30 anos, sem chegar perto de completar a obra que, imaginávamos, concluiria ao longo de sua carreira.

Se o brasileiro chegou ao PSG por 222 milhões de euros e sendo saudado até pela Torre Eiffel, sair assim, como alguém fora dos planos, seria a confirmação de que o pacote Neymar não valeu a pena. Que o Catar, dono do clube francês, comprou gato por lebre. Imaginavam que ele conduziria o clube à glória e, na realidade, isso não aconteceu.

Já há duas temporadas que o principal jogador do time parisiense não é o camisa 10, mas Mbappé, mais jovem, mais decisivo, já campeão mundial. Ao rejeitar o Real Madrid para seguir em sua cidade, o francês assumiu de vez o papel de protagonista da equipe e do projeto do clube, que vai além do futebol, com o uso (geo)político do PSG pelo emirado.

Sair do Paris Saint-Germain dessa maneira, fora dos planos, liberado, colocado à disposição do mercado, será algo humilhante caso se confirme. E seria a oficialização de algo que o mundo vem acompanhando: Neymar jogando menos do que pode, do que se espera. É óbvio que jamais pagariam tanto por ele se pudessem voltar atrás.

Um enorme desperdício de dinheiro e de talento.

Siga Mauro Cezar no Twitter

Siga Mauro Cezar no Instagram

Siga Mauro Cezar no Facebook

Inscreva-se no Canal Mauro Cezar no YouTube