PUBLICIDADE
Topo

Mauro Cezar Pereira

OPINIÃO

Texto em que o autor apresenta e defende suas ideias e opiniões, a partir da interpretação de fatos e dados.

São Paulo mira dois jogos contra o Palmeiras no pior momento possível

Carli e Calleri em Botafogo 1 x 0 São Paulo - Jorge Rodrigues/AGIF
Carli e Calleri em Botafogo 1 x 0 São Paulo Imagem: Jorge Rodrigues/AGIF
só para assinantes
Mauro Cezar Pereira

Mauro Cezar Pereira nasceu em Niterói (RJ) e é jornalista desde 1983, com passagens por vários veículos, como as Rádios Tupi e Sistema Globo. Escreveu em diários como O Globo, O Dia, Jornal dos Sports, Jornal do Brasil e Valor Econômico; além de Placar e Forbes, entre outras revistas. Na internet, foi editor da TV Terra (portal Terra), Portal AJato e do site do programa Auto Esporte, da TV Globo. Trabalhou nas áreas de economia e automóveis, entre outras, mas foi ao segmento de esportes que dedicou a maior parte da carreira. Lecionou em faculdades de Jornalismo e Rádio e TV. Colunista de O Estado de S. Paulo e da Gazeta do Povo, desde 2004 é comentarista dos canais ESPN.

18/06/2022 04h00

O feriado de quinta-feira programou dois jogos envolvendo os finalistas do último campeonato paulista. Às 16 horas o São Paulo visitou um Botafogo desesperado, na zona de rebaixamento e há cinco jogos sem vencer, sendo que nos quatro últimos o time carioca havia sido derrotado, em três para os adversários que, como ele, vieram da segunda divisão.

E os tricolores perderam por 1 a 0 em jogo brigado, tecnicamente ruim, com desempenho desanimador. Sensação que ficou ainda mais acentuada com a peleja que teve início em seguida, no Allianz Parque, onde o Palmeiras saiu perdendo para o Atlético Goianiense e não só virou o placar como sacramentou a vitória com quatro gols em sete minutos.

Que os dois rivais estão em patamares diferentes é fato de conhecimento geral, mas sempre há momentos nos quais as diferenças técnicas, individuais e coletivas diminuem, ainda mais em clássicos. Contudo, a motivação extra que os confrontos com rivais costumam proporcionar provavelmente não bastará para o time de Rogério Ceni.

Segunda-feira o São Paulo recebe o Palmeiras pelo campeonato brasileiro e na quinta os dois se enfrentarão mais uma vez no Morumbi, só que pela Copa do Brasil. A fase do líder da Série A é tão boa que um jogo complicado vira goleada em poucos minutos, ao contrário dos são-paulinos. Do ponto de vista tricolor esse, claramente, é o pior momento para o reencontro.

Será necessário futebol, superação e muito mais.

Siga Mauro Cezar no Twitter

Siga Mauro Cezar no Instagram

Siga Mauro Cezar no Facebook

Inscreva-se no Canal Mauro Cezar no YouTube