PUBLICIDADE
Topo

Receba os novos posts desta coluna no seu e-mail

Email inválido
Seu cadastro foi concluído!
reinaldo-azevedo

Reinaldo Azevedo

mauricio-stycer

Mauricio Stycer

josias-de-souza

Josias de Souza

jamil-chade

Jamil Chade

Mauro Cezar Pereira

OPINIÃO

Texto em que o autor apresenta e defende suas ideias e opiniões, a partir da interpretação de fatos e dados.

Paulo Sousa tem apoio e sabe que 5 jogos no RJ definirão seu futuro no Fla

Paulo Sousa comanda treino no CT - Alexandre Vidal / Flamengo
Paulo Sousa comanda treino no CT Imagem: Alexandre Vidal / Flamengo
Conteúdo exclusivo para assinantes

Mauro Cezar

16/05/2022 04h00

Há uma legião de histéricos que sentem saudades de troca interminável de treinadores no Flamengo. Mas a diretoria, por mais que ultimamente tenha dado motivos para críticas, segue sustentando a posição do técnico.

Talvez seja a única razão para que os atuais dirigentes sejam elogiados em meio às polêmicas e votações das últimas semanas. Fato é que nessa hora é preciso o mínimo de equilíbrio. Demitir e contratar sem pensar nunca foi o modelo a ser seguido.

Depois do empate com o Ceará, o treinador sentiu-se apoiado após conversar com os dirigentes. Mas ele está ciente de que apenas bons resultados irão mantê-lo no cargo. A sequência de cinco partidas no Rio de Janeiro é vista como ótima chance.

Universidad Católica, Goiás, Sporting Cristal, Fluminense e Fortaleza serão os cinco adversários no Maracanã. Claro que se o português não mostrar capacidade de reação, nem melhoria nas atuações do time e nos resultados, dificilmente resistirá. Paulo Sousa está ciente de sua situação.

Após o empate em Fortaleza com o Ceará, a demissão de Paulo Sousa não entrou em pauta. Pelo menos entre aqueles que decidem. No domingo os rumores sobre Cuca e afins não passavam de boatos, ou cavadas. Ainda é grande a rejeição a ele no clube. Um grande obstáculo ainda não removido.

Paulo Sousa precisa urgentemente de vitórias e os bons momentos do time sob seu comando dependem de eficiência para aproveitar as chances. E drástica redução nas falhas individuais. ,

Se não reagir, óbvio que poderá ser demitido, mas até aqui ele vem sendo bancado. Como costuma pedir boa parte da mídia nessas situações. Como costuma rezar o manual da boa gestão. Decisões importantes deve ser tomadas sem histeria, seja a manutenção ou a (cara) demissão de um treinador.

Siga Mauro Cezar no Twitter

Siga Mauro Cezar no Instagram

Siga Mauro Cezar no Facebook

Inscreva-se no Canal Mauro Cezar no YouTube

Veja mais sobre o tema e outras notícias do futebol no Posse de Bola: