PUBLICIDADE
Topo

Mauro Cezar Pereira

REPORTAGEM

Texto que relata acontecimentos, baseado em fatos e dados observados ou verificados diretamente pelo jornalista ou obtidos pelo acesso a fontes jornalísticas reconhecidas e confiáveis.

Jorge Jesus, Vitor Pereira, o Everton e o costume de ganhar títulos. Ou não

Jorge Jesus como técnico do Flamengo  - GettyImages
Jorge Jesus como técnico do Flamengo Imagem: GettyImages
Conteúdo exclusivo para assinantes

Mauro Cezar

11/05/2022 12h50

No programa "Bem, amigos", do canal Sportv, Jorge Jesus disse que teve a chance de trabalhar na Premier League, mas teria rejeitado por desejar um clube que possa ser campeão. "Quando saí do Benfica, tive a oportunidade de sair pra treinar equipes de todo o mundo, principalmente da Inglaterra, no Everton. Não fui para o Everton porque estou habituado a ganhar títulos e não jogos", afirmou.

Já em 2019, quando JJ treinava o Flamengo, o português Marco Silva, treinador que há semanas devolveu o Fulham à Premier League, foi demitido do Everton em 5 dezembro. Então o nome de Jorge Jesus foi especulado no time azul de Liverpool. De imediato, mandei mensagem a um colega bem informado da imprensa inglesa com uma consulta:

"Você já ouviu falar, acredita que o Everton poderia contratar o técnico do Flamengo, o português Jorge Jorge, campeão brasileiro e da Copa Libertadores? Ele vai comandar o Flamengo no Mundial de Clubes, do qual o Liverpool também participará".

O jornalista, que vive em Londres e semanas depois reencontrei em Doha, desconhecia tal possibilidade e ainda ouviu um colega de Liverpool para checar se havia mesmo tal possibilidade. Resposta:

"Não ouvi isso, estou tentando verificar. Estão conversando com o Vitor Pereira"

Adiante ele voltou com mais informações apuradas.

"Foi descartado (Jorge Jesus) há algumas semanas, mas Kia (Joorabchian) trabalha com os nomes dele e de Vitor Pereira. Kia se esforça! Eles já falaram com Pereira, então provavelmente é o favorito (entre os dois), mas (Duncan) Ferguson (o interino de então) mandou bem hoje (3 a 1 no Chelsea com um gol de Richarlison) e (David) Moyes (ex-treinador do Everton de 2002 a 2013 e hoje no West Ham) também está na pauta".

No dia 23 de dezembro chegava ao Everton nada menos do que Carlo Ancelotti, atual campeão espanhol, treinador que venceu as cinco principais ligas europeias (Alemanha, Itália, Inglaterra, Espanha e França) e no dia 28 estará com o Real Madrid em mais uma final de Champions League. O italiano tentará ganhar o troféu pela quarta vez. Justamente contra o rival do Everton, o Liverpool de Jürgen Klopp.

Aparentemente, quando o Everton, campeão inglês pela última vez em 1987 e a FA Cup em 1995; procurava um treinador, estava trabalhando em outro patamar. Apesar dos esforços de Kia. Mas pode ter o clube se interessado por Jesus quando ainda estava na sua primeira passagem pelo Benfica, tanto que seu compatriota Marco Silva foi para lá.

Sobre estar acostumado a ganhar títulos, quando deixou o clube encarnado faturou apenas uma Taça de Portugal pelo rival, Sporting, e uma Supercopa da Arábia Saudita pelo Al-Hilal. Só reencontrou títulos de peso no Flamengo. Depois disso, nada mais. Perdeu o costume?

Siga Mauro Cezar no Twitter

Siga Mauro Cezar no Instagram

Siga Mauro Cezar no Facebook

Inscreva-se no Canal Mauro Cezar no YouTube