PUBLICIDADE
Topo

Mauro Cezar Pereira

REPORTAGEM

Texto que relata acontecimentos, baseado em fatos e dados observados ou verificados diretamente pelo jornalista ou obtidos pelo acesso a fontes jornalísticas reconhecidas e confiáveis.

Fortaleza deixa grandes para trás e se firma como o mais forte do nordeste

O argentino Depietri abraça Wellington Paulista após gol do Fortaleza sobre o Juventude, que colocou o time na Libertadores - CAIO ROCHA/FRAMEPHOTO/FRAMEPHOTO/ESTADÃO CONTEÚDO
O argentino Depietri abraça Wellington Paulista após gol do Fortaleza sobre o Juventude, que colocou o time na Libertadores Imagem: CAIO ROCHA/FRAMEPHOTO/FRAMEPHOTO/ESTADÃO CONTEÚDO
Mauro Cezar Pereira

Mauro Cezar Pereira nasceu em Niterói (RJ) e é jornalista desde 1983, com passagens por vários veículos, como as Rádios Tupi e Sistema Globo. Escreveu em diários como O Globo, O Dia, Jornal dos Sports, Jornal do Brasil e Valor Econômico; além de Placar e Forbes, entre outras revistas. Na internet, foi editor da TV Terra (portal Terra), Portal AJato e do site do programa Auto Esporte, da TV Globo. Trabalhou nas áreas de economia e automóveis, entre outras, mas foi ao segmento de esportes que dedicou a maior parte da carreira. Lecionou em faculdades de Jornalismo e Rádio e TV. Colunista de O Estado de S. Paulo e da Gazeta do Povo, desde 2004 é comentarista dos canais ESPN.

05/12/2021 19h45

Nesta segunda-feira o Fortaleza entrará em campo para enfrentar o Cuiabá com a participação assegurada na fase de grupos Libertadores. O Leão do Pici é o primeiro time nordestino a alcançar tal feito pelo campeonato brasileiro de pontos corridos e levantamento do site FutDados mostra que o tricolor cearense soma mais pontos do que todos os demais times de sua região desde que retornou à Série A, em 2019.

O clube passou oito aos na terceira divisão, bateu na trave algumas vezes, perdendo o acesso de maneira dramática, como diante do Macaé (RJ). Mas obteve a vaga na segundona em 2017 e em 2018 já saltou para a primeira.

Nesses três anos entre os principais clubes do país, até a 36ª rodada o Fortaleza tinha 149 pontos contra 140 do Ceará e 133 acumulados pelo Bahia. Sport, com 76, e CSA, 32; foram os outros nordestinos que disputaram a primeira divisão no período.

No atual campeonato, estão atrás do Leão agremiações como Fluminense, Internacional, Santos, Athletico, São Paulo, Bahia, Grêmio, Sport e Juventude. E nesta segunda-feira uma vitória sobre o Cuiabá leva o time a superar o Corinthians, chegando ao quarto lugar. Todos já ganharam títulos além de seus Estados, como Copa do Brasil, Brasileirão, Libertadores e Sul-americana.

Ainda contando o que fizeram até a rodada 36, ou seja, não o incluídos os jogos da que está em andamento, o Fortaleza tem 44,35% de aproveitamento entre 2019 e a 36ª rodada de 2021, enquanto o Ceará apresenta 41,67%, o Bahia 39,58%, Sport 34,23% e CSA 28,07%. Na história dos pontos corridos, já deixou para trás na soma geral de pontos o rival alvinegro, Atlético Goianiense, Avaí, Náutico e Guarani.

Siga Mauro Cezar no Twitter

Siga Mauro Cezar no Instagram

Siga Mauro Cezar no Facebook

Inscreva-se no Canal Mauro Cezar no YouTube