PUBLICIDADE
Topo

Mauro Cezar Pereira

OPINIÃO

Texto em que o autor apresenta e defende suas ideias e opiniões, a partir da interpretação de fatos e dados.

Mauro Cezar: desfalcado, Fla falha na missão contra o Red Bull Bragantino

Pedro aponta as costas ao comemorar gol - Alexandre Vidal/CRF
Pedro aponta as costas ao comemorar gol Imagem: Alexandre Vidal/CRF
Mauro Cezar Pereira

Mauro Cezar Pereira nasceu em Niterói (RJ) e é jornalista desde 1983, com passagens por vários veículos, como as Rádios Tupi e Sistema Globo. Escreveu em diários como O Globo, O Dia, Jornal dos Sports, Jornal do Brasil e Valor Econômico; além de Placar e Forbes, entre outras revistas. Na internet, foi editor da TV Terra (portal Terra), Portal AJato e do site do programa Auto Esporte, da TV Globo. Trabalhou nas áreas de economia e automóveis, entre outras, mas foi ao segmento de esportes que dedicou a maior parte da carreira. Lecionou em faculdades de Jornalismo e Rádio e TV. Colunista de O Estado de S. Paulo e da Gazeta do Povo, desde 2004 é comentarista dos canais ESPN.

06/10/2021 22h33

O Flamengo não tinha os quatro titulares convocados para seleções, além de alguns lesionados. O empate em 1 a 1 com o Red Bull Bragantino não foi bom para o campeão brasileiro em sua missão, lutar pela liderança, mas absolutamente natural ante a qualidade da equipe paulista, o fraco segundo tempo rubro-negro e as deficiências de alguns suplentes que estiveram em campo desde o começo.

Nos últimos seis jogos pelo campeonato, o Atlético Mineiro venceu três e empatou três. Isso significa que deixou pelo caminho seis dos 18 pontos disputados no período. O Galo não perde, mas deixa de vencer jogos como o 2 a 2 com a Chapecoense na noite dessa quarta-feira. Era a chance de o Flamengo se aproximar mais um pouco, mas no final a distância para o líder não se modificou.

No mesmo número de partidas recentes, o Flamengo perdeu sete pontos, por isso, apesar de tropeços, o time mineiro até ampliou a vantagem para os flamenguistas nesse período. Na partida contra o Red Bull Bragantino o técnico Renato Gaúcho Portaluppi não tinha os quatro titulares convocados, lesionados como David Luiz e Diego Ribas. E ainda perdeu o goleiro Diego Alves, gripado antes da peleja.

Se nos primeiros 45 minutos Vitinho foi o melhor em campo, Pedro perdeu um gol e fez outro, em finalização mais difícil, aos 12 minutos do segundo tempo, Arão errou e Ytalo ficou diante do reserva, Gabriel Batista, que defendeu. Menos de um minuto depois, Matheuzinho errou na saída de bola, Léo Pereira deu (mais um) o bote errado e Arthur fez um belo gol, 1 a 1. Placar justo.

Siga Mauro Cezar no Twitter

Siga Mauro Cezar no Instagram

Siga Mauro Cezar no Facebook

Inscreva-se no Canal Mauro Cezar no YouTube

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL