PUBLICIDADE
Topo

Mauro Cezar Pereira

REPORTAGEM

Texto que relata acontecimentos, baseado em fatos e dados observados ou verificados diretamente pelo jornalista ou obtidos pelo acesso a fontes jornalísticas reconhecidas e confiáveis.

Botafogo supera Vasco e mais 7, faz mais com menos e avança rumo à Série A

Luis Oyama, do Botafogo, comemora após marcar seu gol sobre o Náutico durante partida válida pela 24ª rodada da Série B - ANDRÉ FABIANO/CÓDIGO19/ESTADÃO CONTEÚDO
Luis Oyama, do Botafogo, comemora após marcar seu gol sobre o Náutico durante partida válida pela 24ª rodada da Série B Imagem: ANDRÉ FABIANO/CÓDIGO19/ESTADÃO CONTEÚDO
Mauro Cezar Pereira

Mauro Cezar Pereira nasceu em Niterói (RJ) e é jornalista desde 1983, com passagens por vários veículos, como as Rádios Tupi e Sistema Globo. Escreveu em diários como O Globo, O Dia, Jornal dos Sports, Jornal do Brasil e Valor Econômico; além de Placar e Forbes, entre outras revistas. Na internet, foi editor da TV Terra (portal Terra), Portal AJato e do site do programa Auto Esporte, da TV Globo. Trabalhou nas áreas de economia e automóveis, entre outras, mas foi ao segmento de esportes que dedicou a maior parte da carreira. Lecionou em faculdades de Jornalismo e Rádio e TV. Colunista de O Estado de S. Paulo e da Gazeta do Povo, desde 2004 é comentarista dos canais ESPN.

20/09/2021 11h02

São 12 jogos, com 10 vitórias, um empate e uma derrota. O Botafogo reagiu de maneira incrível e até inesperada com Enderson Moreira no comando. O time vai, aos poucos, ganhando posições, entrou na zona de acesso à primeira divisão, o chamado "G-4", e nas rodadas mais recentes superou o CRB, alcançando a terceira posição na Série B do Campeonato Brasileiro.

O time era 11º antes da chegada do técnico e ultrapassou, desde então, oito das dez equipes que estavam à sua frente: Brusque, Operário, Sampaio Corrêa, Vasco, CRB, Avaí, Guarani e Náutico, batido no sábado por 3 a 1 no Rio de Janeiro. Com 37 gols, tem o melhor ataque da segunda divisão, três a mais do que o alviverde de Campinas, segundo desse ranking.

Meia Nenê fez sua estreia pelo Vasco em jogo contra o CRB, em Maceió (AL), pela Série B - Rafael Ribeiro/Vasco   - Rafael Ribeiro/Vasco
Nenê em sua reestreia pelo Vasco, em jogo contra o CRB, em Maceió, pela Série B do Campeonato Brasileiro
Imagem: Rafael Ribeiro/Vasco

Com orçamento inferior ao do Vasco, o outro carioca na segundona, os botafoguenses fazem mais com menos. Os vascaínos, por sinal, estariam a dois pontos do CRB, quarto colocado, próximo da zona de classificação à Série A, não fossem os gols sofridos no final em seus dois últimos jogos, ambos encerrados em 1 a 1, contra o próprio time alagoano e o Cruzeiro.

Siga Mauro Cezar no Twitter

Siga Mauro Cezar no Instagram

Siga Mauro Cezar no Facebook

Inscreva-se no Canal Mauro Cezar no YouTube