PUBLICIDADE
Topo

Dos principais jogadores do Flamengo, só 9 não tiveram Covid-19. Veja lista

Jogadores do Flamengo em momento de união antes de jogo contra o Barcelona - RODRIGO BUENDIA / POOL / AFP
Jogadores do Flamengo em momento de união antes de jogo contra o Barcelona Imagem: RODRIGO BUENDIA / POOL / AFP
Mauro Cezar Pereira

Mauro Cezar Pereira nasceu em Niterói (RJ) e é jornalista desde 1983, com passagens por vários veículos, como as Rádios Tupi e Sistema Globo. Escreveu em diários como O Globo, O Dia, Jornal dos Sports, Jornal do Brasil e Valor Econômico; além de Placar e Forbes, entre outras revistas. Na internet, foi editor da TV Terra (portal Terra), Portal AJato e do site do programa Auto Esporte, da TV Globo. Trabalhou nas áreas de economia e automóveis, entre outras, mas foi ao segmento de esportes que dedicou a maior parte da carreira. Lecionou em faculdades de Jornalismo e Rádio e TV. Colunista de O Estado de S. Paulo e da Gazeta do Povo, desde 2004 é comentarista dos canais ESPN.

23/09/2020 10h50

O Flamengo deverá saber entre hoje (quarta-feira) e amanhã os resultados dos testes para Covid-19 de seus demais profissionais. O material foi colhido no aeroporto, ao amanhecer, logo após o desembarque da delegação que retornava do Equador, onde o time venceu o Barcelona de Guaiaquil por 2 a 1. Por enquanto, nove pessoas voltaram infectadas, sendo sete jogadores.

Ao todo, considerando desde o início da pandemia, um total de 19 atletas do clube já tiveram contato com o novo coronavírus (alguns já recuperados), sendo que 17 seguem no elenco - dois já foram negociados.

Os já infectados estariam imunizados, com IgG positivo. Ou seja, tiveram infecção há pelo menos três semanas e desenvolveu anticorpos. Dos titulares e/ou frequentemente utilizados, ainda não tiveram contato com o vírus apenas nove atletas: Rodrigo Caio, Thuller, Gustavo Henrique, Léo Pereira, Thiago Maia, Willian Arão, Renê, Pedro e Pedro Rocha.

Nem todos foram divulgados pelo Flamengo como "positivos", quando da realização das várias sessões de testes, porque houve casos nos quais os jogadores tiveram contato com o vírus e sequer souberam, nem perceberam, por serem assintomáticos. Ou seja, foram infectados, não notaram, pela inexistência de sintomas, e ficaram sabendo que estavam com anticorpos apenas ao serem testados.

Há um grande temor de que mais atletas tenham o resultado positivo e ampliem a lista de desfalques para os jogos de domingo, contra o Palmeiras, em São Paulo, pelo Brasileiro; e quarta-feira, no Maracanã, diante do Independiente Del Valle, pela Libertadores. O clube carioca pediu o adiamento da partida pela Série A, mas o campeão paulista já se manifestou contrário.

Siga Mauro Cezar no Twitter

Siga Mauro Cezar no Instagram

Siga Mauro Cezar no Facebook

Inscreva-se no Canal Mauro Cezar no YouTube

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL