PUBLICIDADE
Topo

Globo sabe que dificilmente impedirá Fla TV de mostrar Flamengo x Boavista

  Bruno Henrique, do Flamengo, em partida contra o Bangu, que era o mandante -                                 ALEXANDRE LOUREIRO/ESTADÃO CONTEÚDO
Bruno Henrique, do Flamengo, em partida contra o Bangu, que era o mandante Imagem: ALEXANDRE LOUREIRO/ESTADÃO CONTEÚDO
Mauro Cezar Pereira

Mauro Cezar Pereira nasceu em Niterói (RJ) e é jornalista desde 1983, com passagens por vários veículos, como as Rádios Tupi e Sistema Globo. Escreveu em diários como O Globo, O Dia, Jornal dos Sports, Jornal do Brasil e Valor Econômico; além de Placar e Forbes, entre outras revistas. Na internet, foi editor da TV Terra (portal Terra), Portal AJato e do site do programa Auto Esporte, da TV Globo. Trabalhou nas áreas de economia e automóveis, entre outras, mas foi ao segmento de esportes que dedicou a maior parte da carreira. Lecionou em faculdades de Jornalismo e Rádio e TV. Colunista de O Estado de S. Paulo e da Gazeta do Povo, desde 2004 é comentarista dos canais ESPN.

29/06/2020 19h09

Internamente o Grupo Globo já sabe que dificilmente conseguirá impedir a transmissão pela FlaTV de Flamengo x Boavista, Nesta segunda-feira, a justiça indeferiu pedido de liminar da organização, onde já há consciência de que provavelmente não será bem-sucedida eventual nova tentativa de veto à exibição da partida, marcada para esta quarta, às 21h30, no Maracanã.

A ação da Globo é de 24 de junho, ou seja, a companhia deu entrada dois dias antes de o Flamengo anunciar que fará a transmissão da peleja pelo seu canal no YouTube. Na sexta-feira, 26, o clube emitiu nota informando que "vai transmitir jogo contra o Boavista via streaming". Como UOL Esporte informou, antes a Rede TV! sonhou em transmitir o jogo, mas desistiu.

O clube foi o único a não negociar os direitos de transmissão de seus compromissos pelo Campeonato Estadual do Rio. Todos os demais acertaram com a Globo, via Federação. Com a assinatura da Medida Provisória 984, que dá ao mandante total direito sobre a exibição dos jogos, o Flamengo decidiu, ele mesmo, fazer a transmissão, a Globo contestou, mas levou a pior desta vez.

O primeiro cotejo dos rubro-negros após a parada forçada pela pandemia do novo coronavírus foi contra o Bangu. No entanto, o Flamengo não tinha o mando na oportunidade. Como o UOL Esporte publicou, a Globo preferiu não transmitir devido à sua interpretação de que a MP não é válida para os contratos fechados antes da nova lei entrar em vigor.

follow us on Twitter follow me on youtube follow me on facebook follow us on instagram follow me on google plus

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL