PUBLICIDADE
Topo

Para que seja concluída, presidentes apoiam Copa do Nordeste em sede única

Últimos campeões, jogadores do Fortaleza erguem taça da Copa do Nordeste 2019 - Caio Falcão/AGIF
Últimos campeões, jogadores do Fortaleza erguem taça da Copa do Nordeste 2019 Imagem: Caio Falcão/AGIF
Mauro Cezar Pereira

Mauro Cezar Pereira nasceu em Niterói (RJ) e é jornalista desde 1983, com passagens por vários veículos, como as Rádios Tupi e Sistema Globo. Escreveu em diários como O Globo, O Dia, Jornal dos Sports, Jornal do Brasil e Valor Econômico; além de Placar e Forbes, entre outras revistas. Na internet, foi editor da TV Terra (portal Terra), Portal AJato e do site do programa Auto Esporte, da TV Globo. Trabalhou nas áreas de economia e automóveis, entre outras, mas foi ao segmento de esportes que dedicou a maior parte da carreira. Lecionou em faculdades de Jornalismo e Rádio e TV. Colunista de O Estado de S. Paulo e da Gazeta do Povo, desde 2004 é comentarista dos canais ESPN.

14/06/2020 13h35Atualizada em 14/06/2020 13h35

A Copa do Nordeste poderá ser disputada em sede única para chegar ao seu final em 2020. Na terça-feira, uma reunião do conselho arbitral por videoconferência poderá decidir o formato da disputa. A chamada "Lampions League" foi interrompida em março devido à pandemia do novo coronavírus.

"Sou completamente favorável a finalizar a competição. Há quase uma unanimidade. Não vi nenhum clube sendo contrário", assegurou ao blog o presidente do Bahia, Guilherme Bellintani. "É possível concluir de diversas formas, vamos debater internamente na terça-feira", reforçou.

"A ideia é definir em uma ou duas sedes. Pernambuco, por exemplo, tem quatro estádios e seria possível fazer oito jogos no mesmo dia. Há ainda a possibilidade de disputar os jogos em duas sedes, por exemplo. Algo que facilite", adiantou ao blog o presidente do Náutico, Edno Melo.

Falta apenas uma rodada da fase de grupos da Copa do Nordeste 2020. Depois vem o mata-mata, a partir das quartas de final, totalizando 15 partidas para o desfecho do certame. O fato de alguns estados registrarem mais casos de COVID-19 pode pesar na decisão do arbitral.

"Por isso vamos discutir na terça. O Estádio dos Aflitos está muito bem, aproveitamos essa parada e fizemos uma correção na drenagem. Estamos prontos para receber os jogos", acrescentou o presidente do clube pernambucano, que se recuperou após ser contaminado pelo vírus.

"Certamente se formos escolher uma sede específica, será uma escolha técnica, pela estrutura e menor risco de contaminação. Isso tudo Vai ser discutido. O bom é que existe entre os presidentes um sentimento muito forte de unidade, de equilíbrio, sem conflito. Qualquer decisão que seja tomada pela maioria será uma boa decisão", crê Bellintani.

No grupo A, Fortaleza e Bahia já estão classificados. No B, Confiança e Vitória têm vaga assegurada nas quartas-de-final. Ainda lutam para avançar Botafogo da Paraíba, ABC, Sport e CRB no grupo A, além de Náutico, Ceará e Santa Cruz, integrantes do Grupo B.

Mauro Cezar Pereira