PUBLICIDADE
Topo

Coluna

Mauro Cezar Pereira


Fred promete voltar ao Fluminense. Ainda vale a pena?

Nelson Perez/Fluminense FC
Imagem: Nelson Perez/Fluminense FC
Mauro Cezar Pereira

Mauro Cezar Pereira nasceu em Niterói (RJ) e é jornalista desde 1983, com passagens por vários veículos, como as Rádios Tupi e Sistema Globo. Escreveu em diários como O Globo, O Dia, Jornal dos Sports, Jornal do Brasil e Valor Econômico; além de Placar e Forbes, entre outras revistas. Na internet, foi editor da TV Terra (portal Terra), Portal AJato e do site do programa Auto Esporte, da TV Globo. Trabalhou nas áreas de economia e automóveis, entre outras, mas foi ao segmento de esportes que dedicou a maior parte da carreira. Lecionou em faculdades de Jornalismo e Rádio e TV. Colunista de O Estado de S. Paulo e da Gazeta do Povo, desde 2004 é comentarista dos canais ESPN.

26/03/2020 15h35

"Eu vou voltar. Eu vou voltar", disse Fred durante uma live em rede social. O experiente atacante se referia ao Fluminense, onde é, e provavelmente sempre será, ídolo da torcida e viveu grandes momentos, talvez os melhores em sua carreira. Foram 287 jogos e 172 gols, média, ótima, de 0,60 por aparição

Mas a essa altura o retorno do homem-gol vale a pena para os tricolores? E não se deve ignorar o fato de ser um jogador caro, mesmo veterano? Fred fará 37 anos no dia 3 de outubro. Em 2019 ele fez 21 gols em 54 jogos, 12 pelo campeonato estadual em 12 partidas, ou seja, média de um por peleja.

Isso significa que fora o campeonato mineiro, Fred acumulou apenas nove tentos e 42 aparições por Brasileiro, Copa do Brasil e Libertadores, média de 0,21 por jogo, como registra o site FutDados. Foi uma temporada fraca pelo Cruzeiro, antes mesmo de o clube mergulhar na crise.

O FutDados destaca, ainda, que ao passar em branco diante do Internacional, nos 23 minutos em que atuou na derrota do Cruzeiro para o time gaúcho por 1 a 0, na Copa do Brasil, Fred chegou aos 1.105 minutos em campo sem marcar. Foi o maior jejum de gols de toda a carreira do camisa 9 em jogos oficiais.

E então, Fred ainda vale a pena?

Mauro Cezar Pereira