PUBLICIDADE
Topo

Marcel Rizzo

REPORTAGEM

Texto que relata acontecimentos, baseado em fatos e dados observados ou verificados diretamente pelo jornalista ou obtidos pelo acesso a fontes jornalísticas reconhecidas e confiáveis.

Copa de 2026 terá seleções fixas em sedes para evitar longos deslocamentos

SoFi Stadium , em Los Angeles, que poderá receber a final ou a abertura da Copa - Bloomberg
SoFi Stadium , em Los Angeles, que poderá receber a final ou a abertura da Copa Imagem: Bloomberg
Marcel Rizzo

Marcel Rizzo - Formado em jornalismo em 2000 pela PUC Campinas, passou pelas redações do Lance!, Globoesporte.com, Jornal da Tarde, Portal iG e Folha de S. Paulo, no qual editou a coluna Painel FC. Cobriu Copas do Mundo, Olimpíada e dezenas de outros eventos esportivos.

Colunista do UOL

17/06/2022 04h00

A Fifa anunciou nesta quinta-feira (16) as 16 cidades que receberão jogos da Copa do Mundo de 2026, a primeira com 48 participantes e também pela primeira vez realizada em três países — EUA, México e Canadá. Como a coluna contou ontem, os canadenses terão só duas sedes, Vancouver e Toronto, depois que Edmonton ficou fora. Os EUA terão 11 cidades e o México, três.

A organização dividiu as sedes em três regiões, oeste, central e leste, e pretende regionalizar a competição. As seleções deverão jogar, até o possível, na mesma região, para evitar grandes deslocamentos, mudanças de fuso horário e também facilitar para os torcedores que queiram acompanhar somente jogos da equipe de seu país.

São as sedes:

Oeste
Vancouver (CAN) - BC Place Stadium
Seattle - Lumen Field
San Francisco - Levi's Stadium
Los Angeles - SoFI Stadium
Guadalajara (México) - Akron Estádio

Central
Kansas City - Arrowhead Stadium
Dallas - At&T Stadium
Houston - NGR Stadium
Atlanta - Mercedes-Benz Stadium
Monterrey - BBVA Bancomer Stadium
Cidade do Mexico - Azteca

Leste
Toronto - BMO Field
Boston - Gillette Stadium
Philadelphia - Lincoln Financial Field
Nova York/Nova Jersey - MetLife Stadium
Miami - Hard Rock Stadium

A ideia é que cinco grupos fiquem como sede no Oeste, cinco no leste e seis na central — serão 16 grupos de três seleções no novo formato. Até as oitavas de final ocorrerão jogos nos três países, a partir das quartas somente nos EUA. O principal hub aéreo da Copa será Atlanta, que deverá receber jogos até as quartas de final.

Na região de Los Angeles, o moderno SoFI, das franquias da NFL (liga de futebol americano) Los Angeles Rams e Los Angeles Charges receberá os jogos, deixando de lado o tradicional Rose Bowl, sede da final da Copa do Mundo de 1994 entre Brasil e Itália (vitória brasileira nos pênaltis). É um dos candidatos a ter a abertura ou final, junto com Dallas e Nova York/Nova Jersey. Essas três cidades e a Cidade do México concorrem para ter a abertura.

Ficaram fora da lista Cincinnati, Nashville, Denver, Orlando, Baltimore/Washington e Edmonton, no Canadá.

BC Place Stadium)... - Veja mais em https://www.uol.com.br/esporte/futebol/colunas/marcel-rizzo/2022/06/15/copa-2026-eua-mexico-canada-estadios.htm?cmpid=copiaecola

FORMATO

A Copa de 2026 terá 16 grupos de três equipes e os dois primeiros de cada se classificam para as fases eliminatórias — 16 avos, oitavas de final, quartas, semis e a finalíssima. O campeão, portanto, fará o mesmo número de jogos do formato atual com 32 participantes, sete.

A Conmebol ganhou duas vagas diretas a mais no novo regulamento, portanto seis seleções avançam, enquanto uma sétima disputa a repescagem mundial. A Fifa deve enxugar, entretanto, as datas das eliminatórias, o que forçará a confederação sul-americana a abandonar o sistema de pontos corridos atual.