PUBLICIDADE
Topo

Marcel Rizzo

REPORTAGEM

Texto que relata acontecimentos, baseado em fatos e dados observados ou verificados diretamente pelo jornalista ou obtidos pelo acesso a fontes jornalísticas reconhecidas e confiáveis.

Fla e Palmeiras são os únicos com 50 inscritos nas oitavas da Libertadores

Viña, do Palmeiras, e Isla, do Flamengo, na final da Supercopa do Brasil 2021 - Cesar Greco / Palmeiras
Viña, do Palmeiras, e Isla, do Flamengo, na final da Supercopa do Brasil 2021 Imagem: Cesar Greco / Palmeiras
Marcel Rizzo

Marcel Rizzo - Formado em jornalismo em 2000 pela PUC Campinas, passou pelas redações do Lance!, Globoesporte.com, Jornal da Tarde, Portal iG e Folha de S. Paulo, no qual editou a coluna Painel FC. Cobriu Copas do Mundo, Olimpíada e dezenas de outros eventos esportivos.

Colunista do UOL

13/07/2021 13h00

Flamengo e Palmeiras são os dois únicos clubes que começam as eliminatórias da Libertadores com o limite de 50 jogadores inscritos todo preenchido. As oitavas de final terão início nesta terça-feira (13).

Os brasileiros, como na fase de grupos, se blindaram melhor do que os rivais de outros países contra possíveis surtos de covid-19. Atlético-MG (49), São Paulo e Fluminense (48) e Internacional (47) têm mais inscritos que oito dos outros 10 participantes que ainda podem levantar o troféu da Libertadores — Cerro Porteño e Vélez Sarsfield também têm 47.

A Conmebol, pelo segundo ano seguido, aumentou de 30 para 50 o limite de inscritos de suas competições de clubes para tentar evitar que os participantes, em caso de perda de muitos atletas contaminados por covid-19, ficassem sem opções para colocar em campo.

Pelo regulamento, pode-se fazer cinco trocas antes de começar as oitavas de final, mas sem aumentar o número final da lista apresentada na fase de grupos. Por exemplo: o argentino River Plate, que só inscreveu 32 jogadores na etapa anterior, poderia trocar cinco, mas sem ultrapassar os 32.

O clube da Argentina teve problema com surto de covid na fase de grupos, quando enfrentou em maio o Independiente Santa Fé (COL) com apenas 11 jogadores disponíveis e o meia Enzo Pérez no gol — e ainda venceu por 2 a 1.

O Flamengo voltou a ter os 50 inscritos depois de negociar, durante os grupos, Pepê e João Lucas com o Cuiabá. O clube pôde, agora, trocá-los pelos garotos Pedro Arthur e Victor Gabriel, entre as cinco mudanças possíveis. Além deles, Piris da Motta ocupou o lugar de Gerson, Igor Jesus o de Lucas e Rodinei o de Richard.

O Palmeiras manteve os 50 da primeira fase, com quatro substituições. Destaque para as entradas de Dudu e de Deyverson — o atacante que retornou do Qatar usará o número 43, no lugar do zagueiro Jhow, já que Rony adotou a camisa 7. Deyverson vai com a 9 na vaga de Erick Pluas.

Com 50 jogadores inscritos na primeira fase, o São Paulo começa o mata-mata da Libertadores com 48 porque saíram do elenco o zagueiro Bruno Rodrigues e o atacante Paulinho Bóia. Para as quartas de final, quando pode-se trocar três atletas, o clube poderá substituí-los e voltar aos 50 inscritos originalmente.

O Atlético-MG caiu de 50 para 49 com a saída de Diego Tardelli, que rescindiu e pode se aposentar, e o Fluminense para 48 sem Yuri e Raí Lopes, negociados. Ainda sem o zagueiro Gabriel Mercado, que só poderá jogar em agosto, o Inter ficou com 47 inscritos porque só substituiu três dos cinco jogadores que perdeu da lista original de 49.

Além do River Plate, seu rival Boca Juniors e o Barcelona (EQU) são os dois times com menos inscritos para início das oitavas de final, com 32 jogadores.

Veja quantos jogadores foram inscritos por cada clube de acordo com a relação oficial da Conmebol:

Flamengo - 50
Palmeiras - 50
Atlético-MG - 49
Fluminense - 48
São Paulo - 48
Inter - 47

Vélez Sarsfield (ARG) - 47
Cerro Porteño (PAR) - 47
Racing (ARG) - 46
Argentinos Jrs (ARG) - 42
Defensa Y Justicia (ARG) - 41
Olímpia (PAR) - 38
Universidad Católica (CHI) - 38
Barcelona (EQU) - 32
Boca Juniors (ARG) - 32
River Plate (ARG) - 32