PUBLICIDADE
Topo

Marcel Rizzo

REPORTAGEM

Texto que relata acontecimentos, baseado em fatos e dados observados ou verificados diretamente pelo jornalista ou obtidos pelo acesso a fontes jornalísticas reconhecidas e confiáveis.

Conmebol não vai mexer em jogos antes das 20h e complica times paulistas

Santos encarou o San Lorenzo em Brasília pela Libertadores e pode voltar para lá -  Ivan Storti/Santos FC
Santos encarou o San Lorenzo em Brasília pela Libertadores e pode voltar para lá Imagem: Ivan Storti/Santos FC
Marcel Rizzo

Marcel Rizzo - Formado em jornalismo em 2000 pela PUC Campinas, passou pelas redações do Lance!, Globoesporte.com, Jornal da Tarde, Portal iG e Folha de S. Paulo, no qual editou a coluna Painel FC. Cobriu Copas do Mundo, Olimpíada e dezenas de outros eventos esportivos.

Colunista do UOL

15/04/2021 14h06

A Conmebol não vai mudar o horário das partidas dos paulistas que estão agendadas para antes das 20h na Libertadores e na Sul-Americana. Os clubes foram avisados que se não entrarem em acordo com o governo de São Paulo por uma autorização que permita que o jogo ocorra antes do início do toque de recolher, terão que arrumar outro estado para realizar o confronto.

Das 15 partidas dos paulistas como mandante nas fases de grupos nos dois torneios continentais, sete foram marcadas para antes das 20h. Duas já ocorrem na semana que vem e são as que mais preocupam: na terça-feira (20) o Santos recebe o Barcelona (EQU), pela Libertadores, e na quinta-feira o Bragantino encara em casa o Tolima (COL), pela Sul-Americana. Ambas marcadas para as 19h15.

Para retomar o Campeonato Paulista, que parou por quase um mês, o governo paulista exigiu um protocolo mais rigoroso de combate à covid-19 e um dos principais trechos é o que só permite jogos iniciando após às 20h, horário que começa o toque de recolher em todo o estado (até às 5h).

O argumento do Ministério Público, que fez a sugestão, é que partidas iniciando mais cedo têm mais chance de gerar aglomerações em locais públicos e mesmo nos privados. O protocolo feito para a Federação Paulista de Futebol se estende aos torneios da Conmebol.

Inicialmente, os clubes imaginaram que a Conmebol fosse remarcar o horário dessas partidas, mas em um documento que o blog teve acesso e que foi enviado às confederações, e depois repassada aos participantes na segunda-feira (12), a entidade afirma que não reagendará jogos, inclusive aqueles impossibilitados de ocorrer por causa de toques de recolher (toque de queda, no espanhol usado na documentação). A entidade deu 13 de abril como prazo para que os clubes indicassem planos B e até C para atuarem nesses casos.

O jogo Santos x Barcelona presumidamente ocorrerá na Vila Belmiro, em Santos, mas ainda não tem o estádio confirmado porque somente na terça à noite os brasileiros se garantiram nos grupos da Libertadores passando pelo San Lorenzo (ARG) na fase preliminar. Na tabela detalhada divulgada na segunda pela Conmebol, o local dessa partida está a definir.

Internamente, a confederação já trabalha com essa partida ocorrendo em Brasília, no estádio Mané Garrincha. A capital federal recebeu a Supercopa da CBF, domingo (11), e os confrontos do Santos frente o San Lorenzo e a final da Recopa, entre Palmeiras e Defensa Y Justicia, e a estrutura foi bem avaliada.

Mas se decisão de impedir jogos após às 20h em São Paulo permanecer por mais algumas semanas, Corinthians, na Sul-Americana, e Palmeiras, na Libertadores, também terão que encontrar outros estádios para jogar fora do estado. O time de Vagner Mancini já tem jogo dia 29 de abril marcado para as 19h15, em sua arena, contra o Peñarol.

Veja quais são os jogos que podem dar problema (todos, com exceção de um, marcados para as 19h15):

20/4 - Santos x Barcelona (EQU) (Fox Sports) - Libertadores
22/4 - Bragantino x Tolima (COL) (Conmebol TV) - Sul-Americana
29/4 - Corinthians x Peñarol (Conmebol TV) - Sul-Americana
4/5 - Santos x The Strongest (BOL) (Conmebol TV) - Libertadores
11/5 - Santos x Boca Juniors (ARG) (Fox Sports) - Libertadores
18/5 - Palmeiras x Defensa Y Justicia (ARG) (Conmebol TV) - Libertadores
27/5 - 19h - Palmeiras x Universitario (PER) (Facebook) - Libertadores

A Conmebol espera que possa haver em São Paulo um relaxamento nas próximas semanas da exigência de jogos começando apenas após às 20h, ou que seja aberta exceção a seus campeonatos, como ocorreu no jogo desta quarta-feira (14) entre Grêmio x Del Valle (EQU). O governo gaúcho autorizou que fosse realizado às 19h15, 45 minutos antes do horário estipulado em decreto para o Gaúcho e competições da CBF começarem.

Mas por que a Conmebol não pode flexibilizar sua tabela em alguns minutos? Questão contratual dos direitos de transmissão. Mesmo partidas que são exclusivas do streaming da entidade, a TV Conmebol, precisam ocorrer em horários pré-determinados para atender contratos comerciais fechados.

O São Paulo é o único paulista que não terá jogos antes das 20h nas três rodadas como mandante na fase de grupos da Libertadores.