PUBLICIDADE
Topo

Marcel Rizzo

NOTÍCIA

Texto que relata acontecimentos, baseado em fatos e dados observados ou verificados diretamente pelo jornalista ou obtidos pelo acesso a fontes jornalísticas reconhecidas e confiáveis.

Neo Química Arena e Maracanã ficam fora da briga por finais da Libertadores

Neo Química Arena, do Corinthians, não será candidato a ter finais da Libertadores - Reprodução / Internet
Neo Química Arena, do Corinthians, não será candidato a ter finais da Libertadores Imagem: Reprodução / Internet
Marcel Rizzo

Marcel Rizzo - Formado em jornalismo em 2000 pela PUC Campinas, passou pelas redações do Lance!, Globoesporte.com, Jornal da Tarde, Portal iG e Folha de S. Paulo, no qual editou a coluna Painel FC. Cobriu Copas do Mundo, Olimpíada e dezenas de outros eventos esportivos.

Colunista do UOL

19/02/2021 16h39

Os administradores de três estádios brasileiros desistiram de colocar seus equipamentos como candidatos a receber as finais únicas da Libertadores entre os anos de 2021 e 2023. Neo Química Arena, em São Paulo, Maracanã, no Rio, e Arena da Baixada, em Curitiba, que apareciam na lista inicial de postulantes, estão fora, segundo a Conmebol.

A entidade explicou que alguns estádios que manifestaram interesse em maio de 2020, quando a confederação sul-americana abriu a concorrência para as finais de suas duas competições (Libertadores e Sul-Americana) de 2021 a 2023, não enviaram a documentação necessária para se manter no processo.

Deste modo, somente duas arenas brasileiras se mantêm candidatas a ter uma dessas três decisões de Libertadores: o Morumbi, do São Paulo, e o Beira-Rio, em Porto Alegre. O campo do Inter também disputa para receber uma das finais da Sul-Americana junto com a Arena Castelão, em Fortaleza, a Arena Pernambuco, próximo de Recife, a Arena Fonte Nova, em Salvador, e o Mané Garrincha, em Brasília.

O Maracanã, administrado hoje por Flamengo e Fluminense, sede da final da Libertadores 2020 (que por causa da pandemia teve o confronto realizado no fim de janeiro de 2021), havia sido colocado como candidato a receber novamente esse jogo nos anos de 2022 e 2023. Também aparecia como interessado nas finais da Sul-Americana entre 2021 e 2023. A decisão de desistir de novas postulações teve o aval do Governo do Rio, proprietário do equipamento.

O Corinthians, com a Neo Química Arena, e o Athletico, com a Arena da Baixada, pleiteavam a Libertadores entre 2021 e 2023, junto com outros 12 concorrentes, a maioria argentinos (o clube de Curitiba também havia manifestado interesse nas finais da Sul-Americana).

A nova lista divulgada pela Conmebol tem, além de Morumbi e Beira-Rio, sete estádios da Argentina e um de Guayaquil, no Equador, querendo a final de 2021, que deve ser na Argentina. Técnicos da Conmebol farão inspeções nos meses de fevereiro e março e as indicações devem ocorrer até junho.

Não foram só os estádios brasileiros que desistiram de receber essas finais únicas. Santiago (Chile), com o Estádio Nacional, declinou de enviar a documentação, mesma posição de Quito (Equador) com o Casa Blanca.

O blog apurou que as exigências da Conmebol para que um estádio receba um desses jogos pesaram pelas desistências. A entidade não paga pelo aluguel e ainda fica com o equipamento sob sua responsabilidade por 15 dias, ou seja, o time que usa o campo para mando tem que arrumar outro lugar para jogar por duas semanas. No caso do Maracanã na final da edição 2020, a Conmebol arcou com a organização e para arrumar o gramado.

Veja a lista atualizada dos estádios e cidades candidatos para sede das finais da Libertadores e Sul-Americana entre 2021 e 2023:

Libertadores 2021
La Bombonera - Buenos Aires
Monumental de Nuñez - Buenos Aires
Nuevo Gasometro - Buenos Aires
Libertadores de América - Avellaneda
El Cilindro - Avellaneda
Mario Kempes - Córdoba
Único - Santiago Del Estero
Beira Rio - Porto Alegre
Morumbi - São Paulo
Monumental de Barcelona - Guayaquil

Sul-Americana 2021
La Bombonera - Buenos Aires
Monumental de Nuñez - Buenos Aires
Nuevo Gasometro - Buenos Aires
Libertadores de América - Avellaneda
El Cilindro - Avellaneda
Único - Santiago del Estero
Mané Garrincha - Brasília
Arena Castelão - Fortaleza
Beira Rio - Porto Alegre
Arena Pernambuco - Recife

Libertadores 2022
La Bombonera - Buenos Aires
Monumental de Nuñez - Buenos Aires
Nuevo Gasometro - Buenos Aires
Libertadores de América - Avellaneda
El Cilindro - Avellaneda
Mario Kempes - Córdoba
Único - Santiago Del Estero
Beira Rio - Porto Alegre
Morumbi - São Paulo
Nacional - Lima
Monumental - Lima
Centenário - Montevidéu
Monumental de Barcelona - Guayaquil

Sul-Americana 2022
La Bombonera - Buenos Aires
Monumental de Nuñez - Buenos Aires
Nuevo Gasometro - Buenos Aires
Libertadores de América - Avellaneda
El Cilindro - Avellaneda
Mario Kempes - Córdoba
Único - Santiago del Estero
Mané Garrincha - Brasília
Arena Castelão - Fortaleza
Beira Rio - Porto Alegre
Arena Pernambuco - Recife
Arena Fonte Nova - Salvador
Monumental - Lima
Nacional - Lima

Libertadores 2023
La Bombonera - Buenos Aires
Monumental de Nuñez - Buenos Aires
Nuevo Gasometro - Buenos Aires
Libertadores de América - Avellaneda
El Cilindro - Avellaneda
Mario Kempes - Córdoba
Único - Santiago Del Estero
Beira Rio - Porto Alegre
Morumbi - São Paul
Nacional - Lima
Monumental - Lima
Monumental de Barcelona - Guayaquil
Atanasio Girardot - Medellín
Metropolitano - Barranquilla

Sul-Americana 2023
La Bombonera - Buenos Aires
Monumental de Nuñez - Buenos Aires
Nuevo Gasometro - Buenos Aires
Libertadores de América - Avellaneda
El Cilindro - Avellaneda
Único - Santiago del Estero
Mario Kempes - Córdoba
Mané Garrincha - Brasília
Arena Castelão - Fortaleza
Beira Rio - Porto Alegre
Arena Pernambuco - Recife
Arena Fonte Nova - Salvador
Monumental - Lima
Nacional - Lima
Atanasio Girardot - Medellín