PUBLICIDADE
Topo

Coluna

Marcel Rizzo


Ceará libera times para treinamentos, mas campeonato só a partir de julho

Rogério Ceni, técnico do Fortaleza, vai poder voltar aos treinos - Thiago Ribeiro/AGIF
Rogério Ceni, técnico do Fortaleza, vai poder voltar aos treinos Imagem: Thiago Ribeiro/AGIF
Marcel Rizzo

Marcel Rizzo - Formado em jornalismo em 2000 pela PUC Campinas, passou pelas redações do Lance!, Globoesporte.com, Jornal da Tarde, Portal iG e Folha de S. Paulo, no qual editou a coluna Painel FC. Cobriu Copas do Mundo, Olimpíada e dezenas de outros eventos esportivos.

Colunista do UOL

28/05/2020 15h10

Classificação e Jogos

Mais um estado liberou os clubes de futebol para treinamento após a paralisação causada pela pandemia do novo coronavírus. O governo do Ceará anunciou nesta quinta (28) seu plano de abertura gradual das atividades econômicas e incluiu logo na inicial, chamada de período de transição, que os times que disputam o Campeonato Cearense podem voltar a treinar já a partir da próxima segunda (1).

Jogo, porém, vai demorar mais um pouco. Atividades esportivas com algum tipo de aglomeração só estarão na quarta fase, que ainda não tem data certa para ocorrer, mas não será antes de 20 de julho e vai depender da análise dos agentes de saúde. E aglomeração entenda como funcionários, jogadores, árbitros e profissionais que trabalham num evento, não torcida.

A decisão é um sinal positivo para a CBF, que vê mais dois times de sua Série A, Ceará e Fortaleza, voltando às atividades. Há preocupação para a realização do Brasileiro porque cada estado está com uma situação distinta de casos e mortes por covid-19.

O Campeonato Cearense foi interrompido a duas rodadas do fim da segunda fase, mas com os quatro times semifinalistas já definidos. Não é improvável que, para ganhar datas, a federação suspenda essas rodadas finais e pule logo para as semis, que reunirá Fortaleza, Ceará, Guarany de Sobral e Ferroviário. São três datas necessárias para essas partidas, uma para as semifinais e duas da final.

Fortaleza e Ceará devem voltar aos treinos já na próxima semana, seguindo protocolo de segurança elaborado pela CBF como: vestiários fechados, com jogadores chegando uniformizados aos CTs, treinamento em grupos separados de atletas, uso de máscaras para a maioria dos profissionais, etc.

Os times menores dispensaram já boa parte do elenco, inclusive o semifinalista Guarany de Sobral. A direção do clube pretende refazer a equipe somente quando tiver uma data certa para que o campeonato volte, o que ainda não existe. O decreto do governo que vai liberar esses treinos seguirá proibindo o futebol das categorias de base e o amador.

O Rio Grande do Sul já liberou a volta aos treinamentos, assim como o Rio. Por lá, porém, clubes como Fluminense e Botafogo se recusaram a trabalhar enquanto o surto da covid-19 continua com números de casos e mortes altos. Goiás também foi outro estado que liberou o retorno aos treinos com os protocolos elaborados pela CBF.

Marcel Rizzo