Juca Kfouri

Juca Kfouri

Siga nas redes
Só para assinantesAssine UOL
Reportagem

Só Lucas Moura e Fabrício emocionaram em Criciúma

O São Paulo tem tido sorte na vida.

Foi jogar em Criciúma com o Inter e no terceiro minuto Alan Patrick, o melhor dos colorados, se machucou, substituído por Hyoran.

O primeiro tempo inteiro foi inesquecivelmente esquecível.

O segundo melhorou um pouco e Calleri até fez um gol, mas em impedimento.

Aos 25 minutos, Zubeldia tirou Luciano, Nestor e Luiz Gustavo, e pôs Erick, Ferreira e Gallopo.

Coudet já havia posto Gustavo Prado e Wanderson nos lugares de Bruno Henrique e Lucca.

Porque o jogo era de doer, como se o tricolor estivesse se poupando para o Majestoso do domingo contra o arrebentado Corinthians e o sem-teto Inter, embora mais agressivo e com o estádio tomado por sua gente, se sentisse um estranho no ninho.

De repente, porém, Lucas apareceu e, para sorte do Inter, Fernando e Fabrício também.

O zagueiro evitou o gol do são-paulino que pegou o rebote e viu o goleiro fazer milagre, aos 34.

Continua após a publicidade

Na cobrança do escanteio, depois do milagre, Lucas cabeceou e Fabrício fez grande defesa, aos 35.

Mas, aos 36, Zubeldia tirou Lucas e pôs André. Ora, bolas, boludo!

O visitante paulista e o itinerante sem-teto gaúcho ficaram no 0 a 0, dez cartões amarelos e 33 faltas depois.

Reportagem

Texto que relata acontecimentos, baseado em fatos e dados observados ou verificados diretamente pelo jornalista ou obtidos pelo acesso a fontes jornalísticas reconhecidas e confiáveis.

Deixe seu comentário

Só para assinantes