PUBLICIDADE
Topo

Coluna

Bolívia Zica


O Inter é penta! E o Grêmio continua sem Copinha

Bolívia Zica

Jornalista de formação, amante do futebol por paixão e corneteiro por vocação. Apresentador do canal Desimpedidos. Comanda o Bolívia Talk Show.

Colunista do UOL

25/01/2020 13h20

E o Inter começa o ano como? Trazendo de São Paulo o penta merecido da Copinha em cima do grande rival, que continua sem esse título na sua prateleira. E a torcida, que não comemora um título grandioso desde a Libertadores de 2010, torce para que a glória da base seja o prenúncio de um ano vencedor para o time de Coudet.

"Os guri" do Colorado chegaram com moral ao fazer uma bela campanha e despachar o Corinthians na semifinal por 3 a 1. Já o Grêmio passou com dificuldades pelo Oeste, com um gol doado pelo zagueiro do time paulista.

Mas na final tudo se equipara. Quem saiu na frente foi o Grêmio, no segundo tempo. Gol contra do zagueiro Tiago Barbosa. Aí o Alison Callegari esqueceu da regra e foi comemorar no alambrado. Como já tinha amarelo, o zagueiro foi expulso. Foi o primeiro pecado capital. O Inter se aproveitou e empatou o Gre-nalzinho com ele, sempre ele, Guilherme Pato.

O jogo ficou louco, com os dois times indo pra cima. Praxedes, do Inter, acertou a trave. Elias, do Grêmio, estava a fim de jogo. Aos 46, ainda deu uma assistência perfeita, na cara do gol, mas Diego Rosa perdeu. Pecado número 2.

Foi pros pênaltis. O gol ficou menor para os jogadores do Grêmio, que perdeu 3 dos 4 pênaltis que bateu. A gurizada do Colorado estava mais inteira e mais concentrada. O aproveitamento foi o inverso: 3 gols em 4 pênaltis.

No derradeiro, Gonçalves, do Grêmio, precisava fazer para tentar empatar a série no pênalti final. Mas ele preferiu dar uma fatiada pra bola subir. Pecado 3. Bola no travessão, Inter campeão!

Bolívia Zica