PUBLICIDADE
Topo

Paulista - 2019

Corinthians vê briga por espaço no ataque esquentar e esquece Romero

Do UOL, em São Paulo

27/01/2019 04h00

Ainda no mercado em busca de reforços, o Corinthians vê a briga por um espaço no ataque se acirrar no início desta temporada. Com a chegada de Vagner Love e a estreia de Boselli na vitória por 1 a 0 sobre a Ponte Preta, Fábio Carille tem o que gosta de chamar de "dor de cabeça boa", especialmente com a boa fase vivida por Gustavo.

Em entrevista coletiva no último sábado (26), o treinador deixou claro que pretende jogar com dois atacantes. Apesar de não falar publicamente sobre o assunto, Carille já praticamente não conta mais com o paraguaio Romero, que está afastado e tem seu contrato marcado para acabar no meio do ano.

Gustavo comemora gol do Corinthians sobre a Ponte Preta - Marcello Zambrana/AGIF - Marcello Zambrana/AGIF
Gustavo comemora gol do Corinthians na Ponte
Imagem: Marcello Zambrana/AGIF

Inicialmente, Vagner Love leva ligeira vantagem no aspecto tático em cima de seus concorrentes por poder atuar em quatro posições diferentes na linha de frente, na análise de Carille. O jogador poderia atuar nos dois lados, atrás do camisa 9 ou até mesmo como centroavante.

Em contrapartida, Love passou os últimos dias com pouco treino e brigando para deixar o Besiktas. Por isso, passará por uma pré-temporada particular e deve demorar a ter condições de jogo.

Enquanto isso, ficará fora da equipe de olho em seus concorrentes. Boselli entrou no segundo tempo contra a Ponte Preta, no último sábado, e teve poucas situações de perigo. O argentino deixou o campo elogiando a torcida, a cidade e o time e espera ter mais chances em breve.

Quem foi para ver a estreia dele, no entanto, acabou vendo Gustavo ser protagonista mais uma vez. O artilheiro que voltou de empréstimo do Fortaleza balançou as redes de novo em 2019 e não para de receber elogios de Carille, que usou a coletiva até para fazer elogios públicos a Rogério Ceni, antigo treinador do atacante.