PUBLICIDADE
Topo

Paulista - 2019

Corintianos admitem recuo cedo demais em derrota: "Chamamos eles"

Do UOL, em São Paulo

23/01/2019 21h23

O Corinthians até saiu na frente do Guarani nesta quarta-feira (23), mas recuou cedo demais e acabou sofrendo a virada ainda no primeiro tempo, no estádio Brinco de Ouro. A derrota por 2 a 1 expôs vários erros da equipe alvinegra e uma série de ajustes a serem feitos por Fábio Carille. Na saída de campo, Henrique e Fagner reconheceram a má atuação.

"Sabíamos da dificuldade que seria enfrentar o Guarani aqui", começou o zagueiro ao canal Premiere, admitindo o recuo da equipe quando não deveria. "Nós saímos na frente, mas chamamos o time deles muito para trás, demos muito espaço para eles pensarem e acabou resultando nos gols sofridos. É refletir bem sobre esses erros para não repeti-los no sábado", completou.

O início da partida foi muito bom para o Corinthians, que abriu o placar com Gustavo ainda aos oito minutos. Mas a partir daí a equipe exagerou tanto na cadência que acabou abrindo mão de atacar, deixando o Guarani se recuperar do golpe e conseguir a virada. Daí em diante o time de Carille não teve criatividade para chegar ao empate.

"Não podemos sair na frente e tomar dois gols em cinco minutos", disse Fagner. "É normal acontecerem alguns erros por estarmos no início de trabalho, mas serve de aprendizado. É momento de assimilar, assumir os erros, é melhor [perder agora] do que em um momento de decisão", afirmou o lateral corintiano.

É o segundo tropeço do Corinthians no Campeonato Paulista, visto que a estreia havia sido 1 a 1 contra o São Caetano. A equipe tenta se recuperar às 19 horas (de Brasília) deste sábado (26), quando recebe a Ponte Preta na Arena.

PVC comenta derrota do Corinthians para o Guarani: "Foi estranho"

UOL Esporte