PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Palmeiras, SP e Corinthians encaram reta final para 'não dependerem' da PM

Corinthians, Palmeiras e São Paulo: no regulamento, apenas dois tem a "casa" garantida - Montagem UOL Esporte
Corinthians, Palmeiras e São Paulo: no regulamento, apenas dois tem a 'casa' garantida Imagem: Montagem UOL Esporte

José Edgar de Matos

Do UOL, em São Paulo (SP)

22/03/2017 04h00

O empate por 2 a 2 entre Novorizontino e Audax, ocorrido na última terça, garantiu o Palmeiras como o líder do Grupo C do Campeonato Paulista com três jogos de antecedência. No entanto, por determinação do regulamento do Estadual, a equipe de Eduardo Baptista ainda não pode comemorar o direito de atuar no Allianz Parque no segundo jogo da fase quartas de final.

Segundo aponta o regulamento publicado no site oficial da Federação Paulista de Futebol, em caso de classificação dos três clubes de grandes [Palmeiras, São Paulo e Corinthians] na primeira colocação das respectivas chaves, somente os dois primeiros terão o direito de decidir a vaga na semifinal dentro de casa.

O terceiro colocado neste ‘campeonato interno’ precisará da autorização da Polícia Militar para mandar o confronto da volta na capital do Estado. Portanto, para não dependerem das autoridades de segurança, Palmeiras, Corinthians e São Paulo têm esta disputa pelos dois primeiros lugares na comparação da campanha dos três clubes de grande tradição da capital.

Regulamento Campeonato Paulista - Reprodução - Reprodução
Imagem: Reprodução

Neste momento, os três clubes lideram os respectivos grupos, situação que obrigaria ao pior classificado pedir a autorização da PM para atuar em casa. O Palmeiras tem a melhor campanha do Estadual com 21 pontos; o Corinthians aparece logo atrás com 19 e também já tem a vaga nas quartas de final assegurada; enquanto o São Paulo soma 15 depois em nove partidas disputadas e ainda luta por um lugar no mata-mata.

Uma vitória diante do Mirassol nesta quarta-feira, no Allianz Parque, garante o segundo jogo das quartas de final na casa palmeirense. O time alviverde chegaria aos 24 pontos, pontuação máxima a ser alcançada pelo São Paulo; no entanto, o placar favorável representaria o oitavo triunfo palmeirense no Estadual, e o time de Rogério Ceni soma quatro restando três rodadas para o fim.

Palmeiras e Corinthians brigam pela primeira colocação geral nestes últimos três compromissos pelo Paulistão. Quem terminar na primeira posição entra em vantagem para garantir o mando de campo até a decisão do título – os pontos são somados também de acordo com os resultados das fases de mata-mata.

Futebol