PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Em jogo de reviravoltas, Palmeiras vence a Ponte com gol salvador

Do UOL, em São Paulo

15/03/2014 17h52

O Palmeiras entrou em campo na tarde deste sábado, no Pacaembu, em busca de se aproximar ainda mais da melhor campanha do Campeonato Paulista. Já a Ponte Preta, queria a vitória para se garantir nas quartas de final da competição. O triunfo alviverde no final por 3 a 2 deixa o time da casa mais perto de seu objetivo ao vencer. A Ponte, no entanto, também conseguiu a vaga porque o São Bernardo perdeu para o Bragantino em partida ocorrida às 18h30 (de Brasília).

A Ponte saiu na frente com gol de Rossi logo no início. O Palmeiras virou no segundo tempo com Eguren e Alan Kardec, mas a equipe de Campinas igualou o marcador com o atacante Silvinho. Mendieta selou a vitória palmeirense.

Já classificado, o time alviverde é líder do Grupo D, com 35 pontos.  A Ponte, com 24, fica na segunda colocação do Grupo C. Na próxima rodada, o Palmeiras enfrenta o Santos na Vila Belmiro, em um confronto direto pela melhor campanha da competição. Já a Ponte Preta recebe o Mogi Mirim.

O primeiro tempo foi bastante corrido e com diversas chances. O fato de a Ponte Preta ter marcado logo aos 2min, quando o atacante Rossi venceu o goleiro Fernando Prass, fez com que o time da casa saísse todo para o ataque. Desta maneira, após o gol, o time alviverde dominou praticamente todas as ações, enquanto o rival apostava em bons e rápidos contra-ataques.

Com Valdivia e Bruno César lado a lado, o palmeiras tinha bastante movimentação e conseguia criar chances. No entanto, as melhores oportunidades acabaram sendo em chutes de longa e meia distância, já que a defesa da equipe de Campinas armou um paredão dentro de sua área. Por isso, Leandro e Kardec não apareceram tanto.

Logo no início da etapa complementar, o Palmeiras já teve uma boa chance com Alan Kardec, mas o jogador parou em mais uma boa defesa do goleiro Roberto. Logo em seguida, o meia Bruno César chegou bem em duas oportunidades, mas novamente parou nas mãos do arqueiro rival.

Fazendo pressão, o Palmeiras precisou de apenas dois minutos para virar o jogo. Aos 15min, Bruno César cobrou falta na área e o volante uruguaio Eguren aproveitou rebote para empatar. Aos 16min, o mesmo camisa 30 sofreu pênalti. O artilheiro Alan Kardec cobrou no minuto seguinte e virou o jogo.

Porém, não deu muito tempo de comemorar. Aos 24min, o árbitro marcou pênalti de Wendel em Antônio Flavio. O atacante Silvinho bateu forte e empatou a partida para a Ponte Preta no Pacaembu. Após o gol, as duas equipes tiveram chances de sair com a vitória, mas esbarraram na falta de pontaria. Aos 42min, o meia paraguaio Mendieta recebeu cruzamento de Kardec e selou a vitória do time do Palestra Itália. 

FICHA TÉCNICA
PALMEIRAS 3 X 2 PONTE PRETA

Local:   estádio do Pacaembu, em São Paulo (SP)
Data: 15 de março de 2014, sábado
Horário: 16 horas (de Brasília)
Árbitro: Marcelo Rogério (SP)
Assistentes: Daniel Luis Marques e Patricia Carla de Oliveira (ambos de SP)
Cartões amarelos: Wendel (Palmeiras). Bruno Silva, Diego Sacoman, Adrianinho, Carleto, Alef (Ponte Preta)
GOLS: PALMEIRAS: Eguren, aos 15, Alan Kardec, aos 17, e Mendieta, aos 42 minutos do segundo tempo
PONTE PRETA: Rossi, aos 2 minutos do primeiro tempo. Silvinho, aos 25 minutos do segundo tempo

PALMEIRAS: Fernando Prass; Wendel, Lúcio, Tiago Alves e Juninho; Eguren, França (Mendieta) e Valdivia; Bruno César (Patrick Vieira), Leandro (Vinícius) e Alan Kardec
Técnico: Gilson Kleina
PONTE PRETA: Roberto; Ferrugem, César, Diego Sacoman e Magal; Bruno Silva (Neílson), Alef e Adrianinho (Bida); Silvinho, Antônio Flávio e Rossi (Carleto)
Técnico: Vadão

Futebol