Topo

Paulista - 2019


Santos 'paga' para jogar na Vila e tem prejuízo de mais de R$ 11 mil

Giva comemora um de seus gols para poucos torcedores na Vila Belmiro - MAURICIO DE SOUZA/ESTADÃO CONTEÚDO
Giva comemora um de seus gols para poucos torcedores na Vila Belmiro Imagem: MAURICIO DE SOUZA/ESTADÃO CONTEÚDO

Samir Carvalho

Do UOL, em Santos (SP)

22/03/2013 18h18

A torcida santista, que critica o técnico Muricy Ramalho por não aproveitar os jogadores revelados nas categorias de base do clube, praticamente não compareceu a Vila Belmiro para ver a “estrela” do atacante Giva, "prata da casa" que marcou dois gols na vitória contra o Mirassol por 2 a 1, de virada, na última quinta-feira.

Além de não lucrar, o clube perdeu dinheiro por mandar o jogo na Vila Belmiro. De acordo com o boletim financeiro divulgado pela Federação Paulista de Futebol, o prejuízo do Santos foi de R$ 11.541.60.

Isso porque o público de 3.436 pagantes arrecadou apenas R$ 92.560.00, valor que não cobriu as despesas do clube com aluguel de ambulância, policiamento e fiscalização.  

Após a vitória contra o Mirassol, o atacante Miralles, que esteve apagado em campo, culpou o baixo público como fator determinando para o mau desempenho do time em campo.

“O melhor foi os três pontos. Não jogamos uma grande partida. É difícil quando se começa perdendo. Não tinha muito clima de jogo, tinha pouca gente (no estádio)”, afirmou o argentino.

Um dos motivos para o torcedor santista não “comparecer” ao estádio foi os desfalques do time para o duelo contra o Mirassol. Enquanto Neymar e Montillo defendem as seleções de Brasil e Argentina, respectivamente, Marcos Assunção e Emerson Palmieri estão lesionados, e Cícero estava suspenso.