PUBLICIDADE
Topo

Mineiro - 2021

Zagueiro Weverton aproveita chance no Cruzeiro e ganha elogios do técnico

Weverton, de apenas 18 anos, fará o seu 8º jogo pelo Cruzeiro sob o comando de Felipe Conceição - Gustavo Aleixo/Cruzeiro
Weverton, de apenas 18 anos, fará o seu 8º jogo pelo Cruzeiro sob o comando de Felipe Conceição Imagem: Gustavo Aleixo/Cruzeiro

Guilherme Piu

Do UOL, em Belo Horizonte

06/05/2021 04h00

Classificação e Jogos

O jovem zagueiro Weverton ganhou a confiança do técnico Felipe Conceição e mesmo com a pouca idade, apenas 18 anos, vai garantindo seu espaço como titular na defesa do Cruzeiro nesta temporada. O garoto, que aproveitou a chance antes mesmo da saída de Manoel — que não renovou contrato e acertou com o Fluminense —, ganhou a concorrência de um companheiro mais experiente, Eduardo Brock, de 29 anos, contratado para reforçar o elenco em 2021. A altivez e dedicação do prata-da-casa têm sido motivo de elogio por parte do próprio treinador.

Conceição visitou ontem (5) a Toca 1, centro de treinamento das categorias de base e conversou com atletas do elenco sub-17. Foi nesse cenário que vieram os elogios ao seu jovem zagueiro.

"O Weverton é um exemplo para vocês [jovens da base]. É um ano mais velho que este grupo e hoje está jogando. Em breve pode ser algum de vocês. Ele ainda não está pronto, mas trabalha muito. É muito concentrado, dedicado e escuta a comissão", comentou o treinador.

Com sete jogos até aqui no time principal e indo para o oitavo, no domingo, às 16h, contra o América-MG, no jogo de volta da semifinal do Campeonato Mineiro, Weverton destaca a motivação por vestir a camisa do Cruzeiro.

"Todos os jogos a gente tem muita motivação para entrar. Não só pelo jogo, mas por vestir a camisa do Cruzeiro. Jogar clássico sempre tem uma motivação a mais, sempre queremos ganhar, dar o máximo, porque clássico muda a vida de todo mundo", comenta o garoto, que já pega entrosamento com os companheiros.

"A linha de quatro [na defesa, com Cáceres, Ramon e Matheus Pereira] encaixou bem, a gente está muito bem. Fui muito bem recebido pelos companheiros de defesa, e estamos fazendo bem o que o Felipe [Conceição] está pedindo, que é jogar em bloco alto (...) Tem que ter um tempo de entrosamento, mas nossa equipe está ficando bem entrosada, todos se conhecendo bem. Agora, vamos evoluir cada vez mais", analisou.