PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Atlético-MG conta com dois de Ricardo Oliveira para vencer URT no Horto

Ricardo Oliveira comemora gol do Atlético-MG contra a URT - Marcelo Alvarenga/AGIF
Ricardo Oliveira comemora gol do Atlético-MG contra a URT Imagem: Marcelo Alvarenga/AGIF

Enrico Bruno e Thiago Fernandes

Do UOL, em Belo Horizonte

30/01/2019 23h19

O Atlético-MG venceu a URT por 4 a 0 na noite desta quarta-feira (30), pela quarta rodada do Campeonato Mineiro. Ricardo Oliveira, duas vezes, sendo uma em condição irregular, Jair e Yimmi Chará marcaram os gols da partida disputada na Arena Independência.

Com o resultado, o Galo ocupa momentaneamente a segunda colocação do Estadual, com sete pontos, um a menos que o líder América-MG. O Cruzeiro pode ultrapassar a equipe ainda nesta rodada. Basta vencer o Boa Esporte em Varginha.

No sábado (2), o Atlético entrará em campo para enfrentar o Guarani-MG. O jogo será disputado às 19h (de Brasília) no estádio Independência. Será o último confronto antes da estreia na Libertadores, contra o Danubio, do Uruguai.

O melhor: Ricardo Oliveira faz 2 e atinge média de 0,45 gol por jogo

Ricardo Oliveira foi o nome do Atlético-MG em campo na vitória sobre a URT. O centroavante de 38 anos marcou o primeiro em cobrança de falta e o segundo em bela finalização de pé esquerdo. Com os tentos anotados na noite desta quarta-feira (30), o atacante chegou à marca 27 gols em 59 jogos com as cores do Galo. A média é de 0,45 gol por jogo disputado desde que chegou a Belo Horizonte, em janeiro de 2018.

Os piores: Kaio Wilker faz jogo ruim, e Maidana é expulso em partida tranquila

Kaio Wilker não agradou Sidney Moraes no revés para o Atlético. Escalado ao lado de Reis no ataque, o atacante pouco se movimentou e deixou o campo para a entrada de Juninho Potiguar.

Iago Maidana cometeu um vacilo infantil no jogo disputado na Arena Independência. A falta em Reis aos 36 minutos do segundo tempo, quando o Galo já vencia por 3-0, acarretou no segundo cartão amarelo. Na matemática do futebol, isso significa um cartão vermelho. O jogador foi expulso e deixou o Atlético com bastante dificuldade na marcação na reta final do duelo.

Arbitragem falha em gol marcado por Ricardo Oliveira

O assistente Luiz Antônio Barbosa (MG) falhou em um lance que ajudou o Atlético-MG a construir a vitória sobre a URT na noite da última quarta-feira. O auxiliar não viu o camisa 9 do Galo em clara posição irregular e deixou o lance seguir. A defesa do time visitante, toda parada, se queixou bastante da marcação do árbitro. O lance, porém, resultou em gol do mandante.

Escolhido para a vaga de Adilson, Jair faz golaço e participa de outro

Jair foi o escolhido de Levir Culpi para a vaga de Adilson, suspenso por conta da expulsão no clássico contra o Cruzeiro, no último domingo (27). O volante correspondeu às expectativas e fez boa partida no jogo disputado no estádio Independência. Ele sofreu a falta que culminou no primeiro gol do jogo, marcado por Ricardo Oliveira. No segundo tempo, recebeu de Chará, invadiu a área adversária e marcou um golaço por cobertura em Marcão.

Chará desencanta com as cores do Atlético-MG

Yimmi Chará desencantou com as cores do Atlético-MG. O camisa 8 recebeu ótimo passe de Juan Cazares e balançou a rede da URT na noite desta quarta-feira. Este é o primeiro gol do atacante desde 22 de julho de 2018, quando deixou a sua marca no revés por 3 a 2 para o Palmeiras no Allianz Parque. O jogador ficou 22 partidas sem estufas as redes adversárias depois do tento assinalado em São Paulo.

Assistente protagoniza lance polêmico da URT no 2º tempo

Luiz Antônio Barbosa (MG) cometeu erro crasso no gol anotado por Ricardo Oliveira no primeiro tempo do jogo disputado na noite desta quarta-feira, no estádio Independência. Porém, ele participou de outro lance polêmico. Logo no início do segundo tempo, o árbitro auxiliar voltou a protagonizar um lance polêmico. Ele anulou gol de Kaio Wilker, e a posição do atleta era duvidosa. No momento da jogada, o placar era 2-0 para o Atlético.

Torcedor invade campo, mas é conduzido pela Polícia Militar

Aos 27 minutos do segundo tempo, um torcedor do Atlético invadiu o gramado e começou a dançar ao lado dos jogadores. A invasão fez com que o árbitro paralisasse o confronto. Ele foi conduzido pela Polícia Militar de Minas Gerais (PM-MG) por conta do ato.

Ficha técnica
Atlético-MG 4 x 0 URT

Motivo: 4ª rodada do Campeonato Mineiro
Local: Independência, em Belo Horizonte (MG)
Data: 30 de janeiro de 2019 (quarta-feira)
Horário: às 21h30 (de Brasília)
Árbitro: Felipe Fernandes de Limas (MG)
Assistentes: Luiz Antônio Barbosa (MG) e Douglas Almeida Costa (MG)
Público/Renda: 11.124 pagantes/R$ 100.913,00 

Cartão amarelo: Jair, Iago Maidana, Patric, Elias (Atlético-MG); Derli, Jonathan (URT)
Cartão vermelho: Iago Maidana (Atlético-MG)

Gols: Ricardo Oliveira - 24'/1ºT (1-0); Ricardo Oliveira - 31'/1ºT (2-0); Jair - 9'/2ºT (3-0); Yimmi Chará - 39'/2ºT (4-0)

Atlético-MG
Victor; Patric (Guga), Maidana, Igor Rabello e Fábio Santos; Jair (Neto), Elias, Luan, Juan Cazares e Yimmi Chará; Ricardo Oliveira (Leandrinho).
Técnico: Levir Culpi.

URT
Marcão; Douglas Maia, Gladstone, Marcos Vinicius e Djalma Silva; Derli, Rodney, Carrara (Ewerton) e Patrick (Jonathan); Reis e Kaio Wilker (Juninho Potiguar).
Técnico: Sidney Moraes.

Futebol