PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Vídeo e treino fechado. Atlético-MG encerra preparação para o clássico

Roger Machado exibiu vídeo para os jogadores do Atlético-MG como preparação para o clássico - Bruno Cantini/Clube Atlético Mineiro
Roger Machado exibiu vídeo para os jogadores do Atlético-MG como preparação para o clássico Imagem: Bruno Cantini/Clube Atlético Mineiro

Victor Martins

Do UOL, em Belo Horizonte

31/03/2017 12h03

Atlético-MG e Cruzeiro se enfrentam neste sábado, às 16h, pela 10ª rodada do Campeonato Mineiro. Clássico que em nada vai interferir na classificação, já que o time alvinegro garantiu a primeira colocação da fase inicial da competição. Mas nem por isso o principal jogo de Minas Gerais não tem recebido uma atenção especial na Cidade do Galo. Pelo contrário, a semana foi tratada como se fosse a preparação para uma decisão.

Treinos fechados, sem a presença da imprensa, que não acompanhou as duas atividades táticas realizadas na quinta e sexta-feira. Sem a presença dos jornalistas e sem escalação antecipada.

“Amanhã, uma hora antes do jogo, todos vão saber. Não que seja necessário fazer mistério, mas é uma semana especial e temos de lidar como tal. O clássico é um jogo diferente e qualquer informação que você deixar de passar para o adversário, pode ser bom a nosso favor. Já tenho a formação na minha cabeça e não deve fugir muito do que temos feito”, disse o técnico Roger Machado, que pode fazer algumas alterações no Atlético.

Fora das três últimas partidas pelo Estadual, o capitão Leonardo Silva está sem dores no joelho esquerdo e treinou normalmente durante a semana. Pode voltar no lugar de Felipe Santana. Outra alteração em relação ao time que venceu a URT é possibilidade de escalar Otero, que retornou da seleção venezuelana.

Antes do treino desta sexta-feira, os jogadores acompanharam um vídeo preparado pela comissão técnica sobre algumas situações de jogo do Cruzeiro. Em seguida, trabalho em campo, para aproveitar algumas situações e também para tentar anular pontos fortes dos adversários.

“Vencer o clássico, além da pontuação da tabela, a gente sabe que tem um peso grande. É uma medida de força e posteriormente o resultado do clássico é muito comentado, para medir a evolução das equipes. A motivação e a satisfação pela vitória do clássico a gente sabe bem como é em todos os lugares. Perdemos o primeiro jogo do ano e agora esperamos um jogo diferente, a nosso favor. Que acima de tudo seja um clássico bem jogada”.

Se na quinta-feira o treino foi completamente fechado, nesta sexta-feira a imprensa teve acesso à Cidade do Galo nos momentos finais do treino recreativo. Momento em que Leonardo Silva já estava no ataque e Fred na defesa. Marcos Rocha, Rafael Carioca, Luan e Otero não estavam em campo, mas participaram da primeira parte da atividade, um treino tático.

Futebol