PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Sob a batuta de Mano, Cruzeiro tem início idêntico ao obtido com Deivid

Mano Menezes comanda o Cruzeiro no Mineirão - ERWIN OLIVEIRA /FRAMEPHOTO/ESTADÃO CONTEÚDO
Mano Menezes comanda o Cruzeiro no Mineirão Imagem: ERWIN OLIVEIRA /FRAMEPHOTO/ESTADÃO CONTEÚDO

Há diferenças em vários pontos na forma de jogar, mas o Cruzeiro de Mano Menezes tem início idêntico ao de Deivid no Campeonato Mineiro.

Nos oito primeiros jogos do Estadual, o time de Belo Horizonte obteve seis vitórias (Villa Nova, Tricordiano, Tupi, Caldense, América de Teófilo Otoni e América-MG) e dois empates (URT e Tombense), o que acarreta em aproveitamento de 83,3%.

No ano passado, quando contava com o questionado Deivid no banco de reservas, a equipe tinha o mesmo rendimento. Os mineiros obtiveram igualdades diante de URT e América-MG e venceram Tombense, Tupi, Tricordiano, Caldense, Uberlândia e Villa Nova.

Em 2017, sob a batuta de Mano Menezes, os mineiros fizeram 14 gols e sofreram cinco. No ano passado, com o comando do ex-centroavante, foram 12 gols assinalados, contra quatro sofridos.

Questionado sobre o duelo diante do Tombense, nesse domingo (19), Mano fez a sua análise:

"Acho que o Cruzeiro fez um bom jogo, se analisarmos os números finais, eles vão comprovar. Não só em controle, proposta e domínio, mas também em oportunidades. Mas essas coisas acontecem em uma trajetória de campeonato. Às vezes você não ganha. Hoje foi um desses dias", afirmou.

Futebol