PUBLICIDADE
Topo

Futebol

América repete 2012, elimina o Cruzeiro e vai à final mineira

Enrico Bruno

Do UOL, em Belo Horizonte

24/04/2016 17h52

Cruzeiro e América voltaram a se encontrar pela semifinal do Campeonato Mineiro. Com a derrota por 2 a 0 no jogo da ida, o clássico ganhou uma alta dose de pressão para o time celeste, que jogava pela sobrevivência da equipe e do técnico Deivid, bastante questionado no cargo. Mas a vantagem construída no Independência foi crucial para o Coelho encaminhar a vaga para a final. Em um jogo com poucas emoções reais de gol, o empate de 0 a 0 garantiu a equipe alviverde na decisão do Mineiro de 2016.

Com o resultado, o América repete o feito de 2012, elimina o Cruzeiro na semifinal e vai decidir o título mineiro deste ano com o Atlético, que se classificou no sábado, vencendo a URT no Independência. Já o Cruzeiro, repete a temporada de 1964, quando passou dois anos seguidos de fora de uma decisão estadual. As partidas da finalíssima serão disputadas nos dias 1º e 8 de maio.

CRUZEIRO 0x0 AMÉRICA-MG

Motivo: Jogo de volta, semifinal do Campeonato Mineiro 2016
Data/Hora: 24/04/2016, às 16h
Local: Mineirão, em Belo Horizonte (MG)
Árbitro: Igor Júnio Benevenuto
Assistentes: Sidimar dos Santos Meurer e Magno Arantes Lira

GOLS: - - -
Cartões amarelos: Ariel Cabral, Willian, Pisano,Rafael Silva (CRU); Osman, Pablo, Bryan, Victor Rangel (AME)
Cartão vermelho: Não teve.
Público/Renda: 35.214 presentes/R$663.766,00.

CRUZEIRO: Fábio; Henrique, Bruno Viana, Bruno Rodrigo e Fabrício; Federico Gino, Ariel Cabral (Rafael Silva - 11'2ºT), Élber e Alisson (Allano - 29'2ºT); De Arrascaeta (Matías Pisano - 23'2ºT) e Willian. Técnico: Deivid.

AMÉRICA: João Ricardo; Pablo, Alison, Sueliton e Bryan; Leandro Guerreiro, Claudinei, Tony e Rafael Bastos (Ernandes - 6'2ºT); Osman (Danilo - 38'2ºT) e Victor Rangel. Técnico: Givanildo Oliveira.

Futebol