Topo

Esporte


Messi vira fator psicológico em jogo que pode classificar Barcelona na Liga

Messi participa de treino do Barcelona em Milão - Miguel MEDINA / AFP
Messi participa de treino do Barcelona em Milão Imagem: Miguel MEDINA / AFP

Thiago Rocha

Do UOL, em São Paulo (SP)

06/11/2018 04h00

Pise ou não no gramado do Giuseppe Meazza nesta terça-feira (6), Lionel Messi será um fator de peso para o Barcelona na partida contra a Inter de Milão, às 18h (de Brasília), que pode garantir vaga antecipada à equipe espanhola nos mata-matas da Liga dos Campeões.

Mesmo sem ter ainda recebido alta médica do departamento médico do Barça, por conta de uma fratura no braço direito sofrida no dia 20 de outubro, o atacante argentino viajou com a delegação à Itália e treinou com o elenco no reconhecimento do campo em Milão, ainda que com certa prudência nos movimentos e, às vezes, tocando o local da lesão, como se sentisse algum incômodo.

Messi trabalha com o restante do elenco no campo desde a última quarta-feira (31), surpreendendo os médicos, que previam ao menos mais uma semana de inatividade. A volta do camisa 10 aos gramados era dada como certa após a data Fifa de novembro, no clássico contra o Atlético de Madri, dia 24, pelo Campeonato Espanhol.

O discurso oficial é de não queimar etapas. A tendência é de que fique no banco de reservas. Mas ele joga? "Convoquei os que estão disponíveis. Quanto aos movimentos, (Messi) está bem, mas tem de ter esse ponto de segurança para poder jogar. Há a possibilidade de que comece como titular, fique no banco e entre depois ou que fique o tempo inteiro no banco. O que não vamos fazer é correr riscos", despistou o técnico Ernesto Valverde.

A dúvida sobre a utilização de Messi no confronto, aliás, só traz peso sobre o rival, que conviverá com a angústia de aguardar a divulgação da escalação do jogador que já marcou cinco gols nesta Liga (e 16 gols em 19 partida nesta temporada). A Inter é a principal concorrente dos catalães pela liderança do Grupo B, e uma vitória em casa faria os italianos os igualariam na tabela. No primeiro confronto entre eles, com o argentino já lesionado, o Barça venceu por 2 a 0, com gols de Rafinha e Jordi Alba, no Camp Nou.

Acostumado a decidir jogos com a bola nos pés, o fator Lionel Messi pode exercer outra influência no confronto desta terça: abalar o psicológico do adversário.

"É uma preocupação para todos nós se Messi jogar, sem dúvida. Aumenta a sensação de algo imprevisível, mas o nosso estilo não mudará. Não vamos marcar apenas um jogador", admitiu Luciano Spaletti, técnico da Inter de Milão.

O Barcelona lidera o Grupo B da Liga dos Campeões com nove pontos e 100% de aproveitamento, contra seis da Inter - Tottenham e PSV estão empatados na parte de baixo, com um ponto cada. Se vencer em Milão, assegura a classificação às oitavas de final.

Caso empate ou perca, o Barça precisa torcer por um empate entre Tottenham e PSV, que se enfrentarão também nesta terça, às 18h (de Brasília), no Wembley, para avançar antecipadamente à fase final da Champions.

Mais Esporte