PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Atacante da seleção alemã não suporta barulho de torcida e pede para sair

Do UOL, em São Paulo

27/09/2017 07h54

Uma cena curiosa aconteceu na partida entre Besiktas e Red Bull Leipzig, pela Liga dos Campeões, em Istambul, na terça. O atacante do Red Bull Timo Werner foi substituído ainda na primeira etapa. Ele se incomodou com o forte barulho provocado pela torcida rival, em jogo disputado na Turquia.

Timo Werner, de 21 anos, defendeu a seleção alemã na Copa das Confederações da Rússia e foi relacionado para compromissos pelas eliminatórias do Mundial. Ele foi especulado no Real Madrid.

Com as mãos nos ouvidos, Werner chegou a pedir protetor auricular. Além de se incomodar com o forte ruído, o jogador do Red Bull alegou problemas de circulação.

O Red Bull perdeu a partida por 2 a 0. Visivelmente contrariado com a postura do atacante, o técnico do Red Bull deixou, Ralph Hasenhuttl, nas entrelinhas que reprovou o pedido do jogador.

“Ele pediu para sair. Então eu tirei ele”, disse. “É impossível nos preparamos para uma atmosfera como essa. Houve um barulho ensurdecedor no começo do jogo e isso nos afetou”.

“Para mim, como treinador, é importante observar com quem eu posso confiar em momentos como esse, quem está preparado para se defender contra acontecimentos ao longo da partida”.

Esporte