PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Time ganhou jogo maluco da Liga, fez saldão e foi parar na quinta divisão

Davis, do Rangers, lamenta pênalti perdido antes de seu time fazer dois gols contra - Jeff J Mitchell/Getty Images
Davis, do Rangers, lamenta pênalti perdido antes de seu time fazer dois gols contra Imagem: Jeff J Mitchell/Getty Images

Do UOL, em São Paulo

19/05/2016 06h00

Existem jogos de futebol confusos, com reviravoltas e mudanças nos últimos segundos. E também existe um jogo que supera tudo isso no quesito maluquice e marcou a Liga dos Campeões. Glasgow Rangers e Unirea Urziceni, da Romênia, foram os protagonistas desse capítulo bizarro que bateu o recorde de gols contra em uma só partida do torneio. Para completar, depois de fazer história, o Unirea viveu sua pior crise e simplesmente acabou.

O duelo em questão aconteceu na temporada 2009/2010. Campeão nacional pela primeira vez, o Unirea se classificou para a Liga dos Campeões. Em seu terceiro jogo na fase de grupos, visitou o Glasgow Rangers na Escócia. Os anfitriões saíram em vantagem logo aos 2min, com gol contra do Unirea.

Meia hora depois, o Unirea empatou. O Glasgow teve a chance de ficar novamente na frente, mas Davis perdeu uma cobrança de pênalti. Ainda assim, o momento era favorável aos donos da casa, mais tradicionais e contando com o apoio da torcida. Na volta do intervalo, porém, 14 minutos acabaram com a festa dos escoceses. O Glasgow também fez um gol contra com Lafferty, que acabara de entrar na equipe.

Os romenos estavam em vantagem e viram ela aumentar com mais um gol contra: McCulloch fez o terceiro contra da partida aos 14min, deixando o Unirea na frente com 3 a 1. Os romenos ainda mataram o confuso jogo com um quarto gol aos 20min do segundo tempo. O Unirea fazia história.

Em sua primeira participação na Liga dos Campeões, o time romeno estava no mata-mata. É verdade que eles não foram capazes de superar o Liverpool, mas o saldo era positivo. No campeonato local, o Unirea foi vice-campeão. Tudo parecia ir bem até que, logo depois, a rápida ascensão virou uma queda ainda mais brusca.

No início da temporada 2010/11, o dono do Unirea não tinha mais condições de saldar os compromissos do time e vendeu quase todo o elenco para pagar as dívidas. Contratou alguns atletas por empréstimo, mas o desempenho foi trágico. Resultado: além de rebaixada, a equipe foi extinta em 2011.

Em dois anos, a torcida experimentou os dois extremos. O Unirea seguiu desativado por quatro temporadas. Na temporada passada, um empresário de Bucareste resolveu recomeçar do zero. Atualmente, o Unirea está na quinta divisão da Romênia e sonha repetir o passado recente. Com ou sem as maluquices de 2009.

Esporte