UOL Esporte Liga dos Campeões
 
Sergei Supinsky/AFP

Lionel Messi comemora após marcar para o Barcelona diante do Shakhtar Donetsk

12/04/2011 - 17h34

Messi entra para história ao superar Ronaldo, Barça vence e aguarda Real nas semis

Do UOL Esporte
Em São Paulo

Lionel Messi é um colecionador de recordes. Nesta terça-feira, mais uma vez ele escreveu seu nome e o do Barcelona na história do futebol. O argentino superou Ronaldo Fenômeno e se tornou o maior artilheiro do clube em uma mesma temporada. O feito resultou na vitória dos catalães por 1 a 0 sobre o Shakhtar Donetsk e a classificação para as semifinais da Liga dos Campeões.

O Barcelona volta às semis do torneio europeu depois de ser eliminado na mesma fase no ano passado diante da Inter de Milão, que conquistou o título em cima do Bayern de Munique. Tudo indica que haverá um confronto contra o rival Real Madrid, que construiu uma larga vantagem no primeiro jogo contra o Tottenham por 4 a 0. As equipes voltam a se enfrentar na quarta-feira.

Depois de fazer um placar elástico de 5 x 1 no primeiro jogo, o Barcelona não deu novo show e fez apenas o suficiente para vencer. Mas fez o suficiente também para consagrar Lionel Messi. Na temporada passada ele igualou o recorde de gols em uma mesma temporada pelo Barcelona que pertencia a Ronaldo. O brasileiro havia marcado 47 gols nas 49 partidas que disputou em 1996-1997. Mas em 2010-2011, Messi chegou a 48 tentos em 46 jogos.

O Shakhtar Donetsk adotou uma postura inteligente para tentar superar o adversário. A equipe se propôs a fazer uma marcação adiantada para tirar a posse de bola do rival, um de seus principais trunfos.

E conseguiu ter sucesso. Pressionou, diminuiu os espaços e criou dificuldades para o time catalão sair no contra-ataque. Mas desperdiçou chances e não conseguiu chegar ao gol.

RAMIRES É EXPULSO, MANCHESTER VENCE CHELSEA E VAI ÀS SEMIFINAIS DA LIGA

  • Jon Super/AP

    O Chelsea conseguiu algo que poucos times haviam alcançado na Liga dos Campeões. Vazou a melhor defesa da competição. Mas isso não foi suficiente para manter vivo o sonho do título. O Manchester United ‘ignorou’ esse detalhe, derrotou o rival londrino por 2 a 1, no Old Trafford, e assegurou presença na semifinal. No duelo, o brasileiro Ramires foi expulso.Leia o relato

Dessa forma, o Barcelona se recuperou e conseguiu aos poucos refazer sua estratégia de passar o tempo e com a bola nos pés, tanto que terminou o primeiro tempo com 57% da posse de bola.

Sem Iniesta, suspenso, os espanhois tinham dificuldades no toque de bola e contavam com o talento de Lionel Messi para desequilibrar. Foi o que aconteceu aos 42 minutos. Daniel Alves tocou para Messi, que entrou na área, driblou dois adversários e tocou na saída de Pyatov para marcar o único gol do jogo.

O Shakhtar voltou para o segundo tempo com postura agressiva e mostrou que ainda não havia desistido da classificação. A equipe promoveu mudanças durante o segundo tempo e ficou mais agressiva.

O time recuperou a posse de bola e teve chances de finalizar, especialmente com Marcelo Moreno. Mas mais uma vez falhava na conclusão do lance. No segundo tempo, Xavi e Messi pouco apareceram pelo lado do Barcelona, mas nem foi preciso. A vaga estava garantida.

Ficha da Partida

Shakhtar Donetsk Shakhtar Donetsk Técnico: Mircea Lucescu
30. Pyatov
14. Kobin
44. Rakitskiy
32. Ishchenko
13. Shevchuk
22. Mkhitaryan
3. Hubschman
7. Fernandinho
20. Douglas Costa
11. Eduardo
10. Willian
8. Jadson
9. Luiz Adriano
99. Marcelo Moreno
0 1
Barcelona Barcelona Técnico: Josep Guardiola
1. Valdés
2. Daniel Alves
16. Busquets
3. Piqué
18. Milito
21. Adriano
6. Xavi
17. Pedro
14. Mascherano
15. Keita
10. Messi
7. Villa
11. Jeffren
20. Afellay

Data: 12/04/2011 - 15h45

Local: Donbass Arena

Árbitro: Florian Meyer

Auxiliares: Holger Henschel e Christoph Bornhorst

Placar UOL no iPhone

Hospedagem: UOL Host